24/08/17 Obesidade pet

Saiba quais são os vilões que levam os animais ao excesso de peso

Todo pet adora receber petiscos e são poucos os donos que conseguem resistir às carinhas fofas que eles fazem e negar as guloseimas para os bichinhos. O problema é que esta alimentação fora de hora, se acontecer com frequência, pode levar à obesidade.
Outros “vilões” desta doença, que os tutores muitas vezes não sabem, é a castração e a predisposição genética. Animais castrados apresentam o dobro da probabilidade de se tornarem obesos e o distúrbio é mais frequente entre as fêmeas. Além disso, cães de algumas raças, como Labrador, Golden Retriever, Collie, Cocker Spaniel, Beagle e Dachshund, têm predisposição a engordar.
Em um curto período de tempo, as complicações de saúde já começam a ser percebidas. As mais comuns se manifestam nos ossos e no coração, sendo que uma das regiões mais afetadas é a coluna vertebral, que fica sobrecarregada com o excesso de peso. Problemas nas articulações também são comuns e, se a obesidade ocorrer em filhotes, principalmente nos de raças grandes, pode causar displasia coxofemoral e hérnias. Os pets com esta condição também têm mais dificuldade para andar, tornam-se mais sonolentos, perdem o fôlego facilmente e podem desenvolver diabetes.
Dessa forma, o primeiro passo para o tratamento é a compra de produtos light. “O alimento tradicional, em casos de animais com sobrepeso ou fortes tendências à obesidade, poderá ser substituído por uma opção com mais fibras, menos gorduras e substâncias funcionais, como a L-carnitina”, recomenda o médico veterinário Marcello Machado.
É importante, no entanto, entender que a alimentação correta começa desde cedo, ainda mais se o bichinho for castrado: “O filhote come muito mais do que precisa, assim, acaba produzindo mais células adiposas e isso é um facilitador da obesidade na fase adulta”, alerta o especialista.


Assine nossa Newsletter





















Uma publicação que dá gosto de folhear. Parabéns à equipe.
Daniel Gialluca, fotógrafo

É extremamente difícil colocar em poucas linhas a intensidade de uma relação de tantos anos, pois temos uma admiração enorme pela Revista Absoluta. Uma relação profissional mas, acima de tudo, de muita amizade e carinho. Ao longo desses 18 anos de sucesso da Absoluta, o que mais marcou para mim foi a empolgação da nossa querida amiga Betty com o início dos voos da American Airlines da nossa Campinas para os Estados Unidos. Hoje, posso garantir que o lançamento dos voos para Miami e Nova Iorque é a materialização de um grande sonho para todos nós. Devemos muito de nosso sucesso ao apoio que sempre recebemos, não somente da Beth, mas também da Isabelle e toda a competente equipe da Absoluta. Parabéns a todos pelos 18 anos de sucesso!
José Roberto Trinca, diretor de vendas da American Airlines no Brasil

Mensagem