10/06/19 Festa junina

Uso de maquiagem em crianças pode causar reações alérgicas

A temporada de festas juninas começou e chegou a hora de preparar o seu caipirinha para dançar a quadrilha. Bigodes nos meninos e bochechas pintadas nas meninas são marcas registradas dessa época, mas, segundo a dermatologista Valéria Marcondes, é importante que os pais fiquem alertas na hora de maquiar seus filhos. “A pele das crianças é mais sensível e fina e, por esse motivo, as substâncias químicas presentes nas maquiagens cosméticas são absorvidas com maior intensidade”, explica.
De acordo com ela, ao utilizar maquiagem comum ou produtos não apropriados para crianças, o maior risco é o dos pequenos desenvolverem algum tipo de irritação ou reação alérgica, que podem aparecer em até 24h depois da exposição ao produto. “Já que não existe maquiagem 100% segura para as crianças, o recomendado para proteger a pele dos pequenos é a utilização de produtos hipoalergênicos, com baixa concentração de álcool e que podem ser retirados facilmente”, destaca. “Além disso, opte por maquiagens aprovadas dermatologicamente e sempre observe a validade dos produtos”.
Os cuidados devem ir além da escolha dos produtos. Antes da maquiagem, por exemplo, o ideal é proteger a pele das crianças com um hidratante também hipoalergênico. “Na hora de maquiar, utilize esponjas e pincéis macios, para não machucar os pequenos, e evite as áreas muito próximas aos olhos, que são mais sensíveis. Depois da festa, realize a higienização da pele assim que possível, utilizando demaquilantes cremosos que sejam oil free, hipoalergênicos e não contenham álcool em sua composição”, completa a dermatologista.
Quanto mais cedo a criança entra em contato com esses produtos químicos, maiores são as chances de o organismo se sensibilizar e desenvolver alergias. Por isso, se seu filho já apresenta alguma sensibilidade, não insista na aplicação da maquiagem. “Caso você note alguma alteração na pele dos pequenos, interrompa imediatamente o uso do produto e consulte um dermatologista para que ele indique o tratamento adequado, evitando assim maiores complicações”, finaliza Valéria.


Assine nossa Newsletter

























É um prazer enormeeeeeeeeee fazer parte da equipe Absoluta e ter vocês como gurus.
Sérgio Monte Alegre

 

A Absoluta chega à maioridade de maneira magnífica.Em todos esses anos, soube aliar a memória histórica significativa dos fatos ao presente palpitante e traçar cenários precisos para o futuro. Soube aliar fatos, dados e informações das mais diversas áreas do conhecimento, da cultura, da arte e até da religião. Com a revista, ficamos mobilizados por muitas causas, nos comovemos, tivemos prazer, rimos e choramos, mas ela nos encantou a cada edição. Parabéns Betty e Isabelle!
Que essa energia mágica que lhes permite conduzir a Absoluta de forma tão especial, seja sempre abençoada.
Maria Inês Fini, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP)