06/10/19 O melhor das Américas

Marcelo Novaes vence o International Property Awards

O projeto de arquitetura desenvolvido pelo arquiteto Marcelo Novaes, para a Faculdade São Leopoldo Mandic de Araras, recebeu o prêmio International Property Awards, na categoria Espaço Público (Best Public Service Architecture) – melhor do Brasil e América do Sul e Central, em cerimônia realizada na quinta-feira, dia 3 de outubro, em Toronto, no Canadá.
Agora, o projeto irá concorrer com os melhores de outras regiões do mundo, em premiação que acontecerá em Londres, em dezembro.
“Elaboramos um projeto baseado em um novo conceito de arquitetura, que prioriza a integração dos espaços, além de valorizar a convivência dos alunos com a natureza”, afirma Novaes.
O planejamento teve início no ano passado e a estimativa é que a conclusão ocorra em três anos. Já no início de 2020, o público terá acesso à primeira parte do projeto finalizada, entre elas: as salas de aula, academia e anfiteatro.
“O objetivo é o bem-estar do aluno e, com esse formato de projeto, haverá um impacto positivo no rendimento dos estudantes, proporcionando um momento agradável durante o tempo que passam na faculdade”, completa.
O International Property Awards é um dos mais relevantes do setor de Arquitetura e Design. Os projetos de propriedades residenciais e comerciais são avaliados por uma bancada formada por profissionais que são referência na área e tem como objetivo reconhecer e premiar aqueles que conseguem desenvolver um padrão internacional de qualidade construtiva.
Os prêmios são divididos por regiões: África, Ásia, Arábia, Canadá, Caribe, América Central e do Sul, Europa, Reino Unido e Estados Unidos. Os vencedores de cada localidade são automaticamente inscritos na premiação geral, que irá escolher as melhores empresas imobiliárias do mundo.
 


Assine nossa Newsletter





























A Revista ficou D +++!!!!!!...Sucessooo!!!! 
Franco Junior
 

Continuem com essa qualidade, o próprio nome já diz: ABSOLUTA!!! Adorei! Bacio al cuore de todos os responsáveis.
Silvia Santos