Absoluta

24/10/19 Profissional versátil

Anderson Di Rizzi atua na televisão, teatro e ainda empreende em Campinas

Vivendo um excelente momento em sua carreira, Anderson Rizzi tem se mostrado um profissional versátil, com atuações de destaque na TV -  atualmente atua na novela “A Dona do Pedaço” como “Marcio”, diretor da fábrica de bolos de Maria da Paz -; no teatro e cinema, no qual atuou, recentemente, na peça dramática ‘’Um Beijo em Franz Kafka’’, que rendeu ao artista a indicação ao Prêmio Cenym de Melhor Ator Coadjuvante, e no longa ‘’O segundo homem’’, onde gravou cenas em Paris e deve ter sua estreia como protagonista no ano que vem.
Mas não é só na atuação que Anderson vem se destacando, multifacetado o ator tem seu lado empreendedor e é dono de um salão de beleza em Campinas, o Espaço Di Rizzi.
Se dividindo entre a profissão de ator e empresário, sempre que possível Anderson vem à cidade para cuidar mais de perto e acaba fazendo de tudo um pouco: lava o cabelo das clientes, faz café, cuida da administração e se reúne com sua mãe, que administra o salão para pensar em ações que promovam o bem-estar dos clientes.
Com quase 20 anos de carreira, na televisão Anderson atuou em diversos projetos, como o “Sargento Xavier”, na novela “Morde & Assopra”, também o remake de “Gabriela”, onde viveu o “Professor Josué”. Por sua interpretação no papel de um “Palhaço” em “Amor à Vida”, ele foi prestigiado com o prêmio de Ator Revelação no Melhores do Ano.

--

 


Assine nossa Newsletter



























Minha querida Betty, parabéns por esta vitória tão significativa, apresentar a centésima edição da Revista Absoluta, não é para qualquer um, e somente para pessoas especiais e iluminadas como você. E que venham mais cem edições.
Boanerges Gonçalves

 

Queria parabenizar vocês por chegarem quase na edição 100 da Absoluta e por terem feito mais uma vez um excelente trabalho. Gostei muito da revista que está linda, luxuosa e gostosa de ler! Gostaria de agradecer pela parceria e mandar um beijo para você Isabelle e Betty, que já estou com saudades. Gostaria que se pudessem encaminhassem mais uma revista dessa edição para casa para eu levar para os EUA. Gosto que eles acompanhem o que fazemos aqui. 
Karin Herrmann