13/09/18 Administrando o tempo

Saiba como aproveitar melhor as 24 horas do seu dia

O ano de 2018 já está chegando ao fim e, para muita gente, parece que começou ontem e não deu para fazer nada do que foi planejado. Entretanto, o problema não está no curto prazo e sim em como são utilizadas as 24 horas do dia. “Trabalhamos mais e vivemos mais estressados, pois falta o gerenciamento do tempo que possuímos”, alerta Christian Barbosa, especialista em administração de tempo e produtividade.
É justamente deste problema que vem a impressão de que as coisas estão acontecendo rápido demais. A pessoa que não organiza as tarefas acaba virando escrava das circunstâncias, e todas as atividades se tornam urgências. “Só o planejamento pode trazer uma rotina mais equilibrada. É muito comum pensarmos apenas nas responsabilidades do dia, mas o ideal é planejar ao menos três dias para frente. Se conseguir organizar uma semana inteira, melhor ainda”, aconselha Christian. “Todas as tarefas devem ser anotadas, seja em uma agenda de papel, um aplicativo ou um software. Assim, fica mais fácil mensurar o volume de afazeres e os prazos”, completa.
Além disso, o profissional orienta que as atividades sejam divididas em urgentes, importantes e circunstanciais, sendo que estas últimas devem ser, sempre que possível, eliminadas da rotina, pois roubam muito tempo. “Muitas vezes, lotamos nossa agenda com coisas que aceitamos fazer, quando, na verdade, precisávamos ou gostaríamos de dizer ‘não’. Isso acontece, frequentemente, porque temos receio de nos indispor com alguém. Ter coragem para mudar esse comportamento é um passo importante rumo à gestão eficiente do tempo”, conclui Christian. 


Assine nossa Newsletter

























Minha querida Betty, parabéns por esta vitória tão significativa, apresentar a centésima edição da Revista Absoluta, não é para qualquer um, e somente para pessoas especiais e iluminadas como você. E que venham mais cem edições.
Boanerges Gonçalves

 

Absoluta comemora 18 anos de maioridade em todos os sentidos, trazendo a todos nós, nesses anos que convivemos com essa publicação de nível superior, tão cheia de humanidade, conhecimento e profundo enriquecimento para as mentes das pessoas mais antenadas. Isabelle, Betty e seus colaboradores merecem todo nosso respeito e admiração por esse trabalho e sucesso durante esses anos. Beijos mil.
Shirley Garcia