28/04/18 Alto Inverno 2018

Cris Barros apresenta sua nova coleção, inspirada na cidade de São Paulo

Para apresentar a nova coleção Inverno 2018, a estilista Cris Barros escreveu uma Carta de Amor à São Paulo.

“O caos organizado, a inspiração na miscigenação das pessoas, o olhar gráfico e poético da cidade, a inovação, a arquitetura brutalista e sentimental. A beleza no bruto. A energia, paixão, exatidão, criação, oportunidade, transformação, crescimento. São Paulo que me fez, que me criou, que tem a minha alma. 

Álvaro Vital Brasil, Bernardo Rzezak, Carlos Lemos, Eduardo Kneese de Mello, Ermanno Siffredi, Flávio de Carvalho, Flávio Império, Franz Heep, Gregori Warchavchik, Guido Gregorini, Israel Galman, João Artacho Jurado, Lina Bo Bardi, Lúcio Costa, Maria Bardelli, Oscar Niemeyer, Paulo Mendes da Rocha, Rino Levi, Rodrigo Lefèvre, Vilanova Artigas, Zenon Lotufo.

Auditório do Ibirapuera, Avenida Paulista, Bienal de Arte de São Paulo, Biblioteca Mario de Andrade, Café Girondino, Casa de Vidro, Casa Modernista, Cine Marabá, Conjunto Nacional, Copan, Edifício Louvre, Edifício Chipre e Gibraltar, Edifício Cinderela, Edifício Itália, Feira do Bixiga, Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, Galeria do Rock, Galeria Metrópole, Jardim Botânico, MAC, Masp, Pinacoteca, MUBE, Oca, Parque do Ibirapuera, Praça da Sé, Praça do Patriarca, Semana de Arte de 1922, Theatro Municipal


As peças trazem cores vivas que traduzem a aura positiva da cidade: verde citron, vermelho, figo, pink, amarelo, topázio e preto/branco, com estampas que vivenciam a sua geometria, energia e poesia", escreveu ela.


Assine nossa Newsletter



























Tenho o privilégio de haver acompanhado a trajetória da Absoluta, desde o seu embrião. Nesta caminhada, sempre houve muita determinação, luta para o cumprimento das metas estabelecidas e o desejo sempre constante de fazer o melhor e de surpreender. Neste momento especial, gostaria de evidenciar duas guerreiras incondicionais, assessoradas por uma equipe enxuta e competente. A primeira, a presidente Betty que nunca desistiu de enfrentar todas as barreiras para que a Absoluta atingisse o patamar a que chegou. A outra, Isabelle, companheira incansável e de sempre, com o seu linguajar de primeira linha, leve, envolvente e sincero. Revista Absoluta, formatação ideal, excelente conteúdo, matérias diversificadas, primando pelo bom gosto e qualidade gráfica. Nesta caminhada, inúmeras conquistas que sucessivamente vão se agigantando. Parabéns pelo sucesso! 
Maria Angélica Pyles

Na matéria da revista Absoluta, em que Isabelle Sabbatini escreveu o texto sobre Egas Francisco, tive uma certeza: ela compreendeu um gênio !!!!!!
As suas palavras descrevem Egas como alguém "que inspira mansidão, acolhimento, ousadia e loucura". Esta é a síntese da genialidade de quem suplanta todas as expectativas de ser apenas um igual e abraça com ousadia e coragem as suas próprias contradições para construir um novo caminho. Pessoas que extrapolam os conceitos vulgares de simplesmente existir e, assim, atingem a genialidade. Pessoas que tornam menos sombria a condição humana, porque elas tem a criatividade e a força de espírito maior do que a maioria das pessoas integradas no contexto do existir comum.
Parabéns, Isabelle !!! Amei a matéria !!!! Bjs
Anna Maria Badaró, artista plástica