06/12/18 Novos tempos

Chanel anuncia que não utilizará mais peles exóticas em suas criações

A Chanel anunciou que não utilizará mais peles exóticas nas suas futuras criações, ou seja, pele de crocodilo, cobra, lagarto e outras.
E afirmou: “É cada vez mais difícil obter peles exóticas que correspondam às nossas exigências em termos éticos”.
Os artigos da maison francesa, como malas, casacos e sapatos confeccionados com peles exóticas, eram vendidos por até 9 mil euros, mas já não estão mais disponíveis para venda no site da marca.
O estilista Karl Lagerfeld disse que a marca optou por abandonar o uso de peles exóticas em vez de esperar que isso lhes fosse imposto. “Fizemos isso porque é algo que está na ordem do dia”.
A associação defensora dos direitos dos animais Peta aplaudiu a medida: “Não há nenhum sinal de modernidade na utilização de peles roubadas de animais atormentados”, disse. 


Assine nossa Newsletter
























Revista interessante com ótimas reportagens, que lemos com satisfação da primeira à última página. Cumprimento a todos da revista Absoluta, desejando um sucesso cada vez maior. Vocês merecem! 
Vera Büchner, empresária

A Absoluta chega à maioridade de maneira magnífica.Em todos esses anos, soube aliar a memória histórica significativa dos fatos ao presente palpitante e traçar cenários precisos para o futuro. Soube aliar fatos, dados e informações das mais diversas áreas do conhecimento, da cultura, da arte e até da religião. Com a revista, ficamos mobilizados por muitas causas, nos comovemos, tivemos prazer, rimos e choramos, mas ela nos encantou a cada edição. Parabéns Betty e Isabelle!
Que essa energia mágica que lhes permite conduzir a Absoluta de forma tão especial, seja sempre abençoada.
Maria Inês Fini, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP)