Absoluta

25/02/20 Fim do império

Casal que criou a marca Forever 21 vende a empresa

O casal Chang migrou da Coreia do Sul para os Estados Unidos em 1981 com pouco dinheiro e nenhuma formação universitária. De lá para cá, construiu um império no mundo da fast fashion.
No início, Do Won tinha três empregos –serviço de zeladoria, bombeamento de gás e trabalho em uma cafeteria– enquanto Jin Sook trabalhava como cabeleireira. Eles começaram a realizar o sonho americano três anos depois, abrindo a primeira loja de roupas, a Fashion 21, em Los Angeles, com apenas US$ 11 mil dólares em economias.
A loja foi um sucesso e arrecadou US$ 700 mil em receita no primeiro ano de funcionamento. O casal passou, então, a abrir uma nova loja a cada seis meses – para se ter uma ideia, em 2011, a Forever 21 já tinha 480 lojas no mundo e mais de US$ 2 bilhões em receita. Nos quatro anos seguintes, o patrimônio líquido do casal era US$ 6 bilhões.
Mas os negócios sofreram uma desaceleração em meio ao apocalipse do varejo e o império começou a ruir.
Após um tumultuado fim de ano, o casal concordou em vender os ativos restantes por US$ 81 milhões.
Segundo o pedido de falência , os maiores proprietários da Forever 21, Simon Property Group e Brookfield Asset Management, bem como o Authentic Brands Group, chegaram a um acordo para a compra da empresa, mas a venda depende da aprovação de um juiz.
 


Assine nossa Newsletter



























Amooooo essa revista!!! 
Andrea Albuquerque

A revista está maravilhosa!!!! Amei!!! Parabéns queridas! Bjssss
Georgia Keppke

Entre em contato agora mesmo!


Desejo receber as novidades