24/10/17 Campinas Decor 2018

23ª edição do evento já tem data marcada para acontecer

A organização da Campinas Decor lançou, oficialmente, a edição 2018 da principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior paulista. Em seu 23º ano, o evento acontecerá de 27 de abril a 10 de junho e terá como cenário a Fazenda Argentina, pertencente à Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), reforçando a política do evento de recuperar imóveis de patrimônio público.
A propriedade, localizada próxima a Rodovia Campinas-Mogi Mirim, abrigará mais de 50 ambientes internos e externos, que serão preparados por renomados profissionais do setor na cidade e região, mostrando as tendências e o que há de mais moderno em artigos para decoração, revestimentos, mobiliário, luminotécnica, automação residencial e tudo o que envolve esse universo.
O paisagismo promete ser um capítulo à parte: bosques, jardins e praças projetados pelos profissionais participantes complementarão a vegetação existente, que conta com espécimes como palmeiras imperiais e um “corredor” de flamboyants na entrada da fazenda.
Durante as obras de preparação da mostra, organização e expositores irão recuperar pisos e revestimentos, consertar telhados, portas e janelas e modernizar as redes hidráulica e elétrica das edificações presentes na fazenda, preservando o ambiente sediado pela Unicamp.“Tivemos uma parceria anterior muito proveitosa com a Campinas Decor, na Estação Guanabara, e temos certeza que esse sucesso irá se repetir. A Unicamp, sempre em busca de atender cada vez melhor a sociedade, buscou um parceiro para a viabilização de um espaço tão importante para a cidade”, afirmaou o reitor da universidade, Marcelo Knobel. “Com a revitalização, ainda em 2018 poderemos colocar o espaço em uso, com a sede do Museu e abertura do espaço para a realização de eventos variados, como exposições, espetáculos e lançamentos de livros, além de instalar o escritório que irá justamente estudar os planos de expansão e utilização daquela área”, acrescentou.
As organizadoras do evento, Stella Pastana Tozo e Sueli Cardoso, também comemoram a aliança. “Para nós é uma honra mais uma vez recuperar um imóvel pertencente à Unicamp e poder devolvê-lo em condições para ser melhor utilizado em benefício da população”, afirmou Stella. Sua sócia, Sueli, complementou: “Além de cumprirmos mais uma vez nosso papel de empresa cidadã, ao contribuirmos para a revitalização de prédios públicos, ainda ofereceremos aos expositores um cenário que permitirá a criação de espaços incríveis, sem limites à criatividade”, disse.
Assim como nas edições anteriores, a organização traçará uma “história da família” para nortear o trabalho dos expositores. O charme extra da edição 2018 fica justamente com o elo feito com a universidade, anfitriã da edição. “O dono da casa será um argentino que veio estudar na Unicamp e lá conheceu a esposa, com a qual teve três filhos, uma moça e dois adolescentes gêmeos de 15 anos”, explica Stella Pastana Tozo.
Serão investidos cerca de R$ 7 milhões para a montagem da edição, divididos entre organização, patrocinadores, expositores e fornecedores. A expectativa é receber um público similar ao dos últimos anos, entre 30 mil e 32 mil visitantes. 
As obras serão iniciadas no final de janeiro e durarão cerca de dois meses. Os trabalhos envolvem um verdadeiro exército de profissionais - arquitetos, paisagistas, engenheiros, artistas plásticos, pedreiros, pintores, jardineiros, carpinteiros e entregadores. Nos horários de pico, o local chega a reunir cerca de 500 pessoas ao mesmo tempo.
Durante as obras, serão gerados cerca de 1.500 empregos diretos, fora outros 150 após a abertura da mostra para o público. 
 
Confira algumas fotos do lançamento.

fotos Fernanda Tozo
    


Assine nossa Newsletter





















Parabéns, Absoluta, por fazer parte da história de Campinas e pela seriedade e dedicação em que nos mostra e apoia o melhor da nossa cidade. Sempre com muito trabalho e carinho pelo que faz.
Assim, sentimos orgulho em compartilhar este momento grandioso de um centenário. Em especial, um parabéns à Betty Abrahão.
Jurandir Meirelles

 

Que a Revista Absoluta continue semeando o bem como tem feito até aqui na sua centésima edição. Quanto bem e quantas informações úteis esta revista tem proporcionado aos queridos leitores. Revistas como esta são sempre bem acolhidas pela população em geral, pelas informações que são prestadas à comunidade. Peço a Deus, o Ser Absoluto, que faça a revista Absoluta prosseguir um longo caminho, atingindo centenas de vezes o seu número cem.
Monsenhor Fernando de Godoy Moreira

 

Nome


E-MAIL
Mensagem