27/02/18 Ano marcante

Faturamento da rede Madero cresce 67% em 2017

O ano de 2017 foi decisivo para a consolidação do Madero como uma das maiores redes de “casual dining” do país. Além de ultrapassar o número de 110 restaurantes espalhados pelo Brasil (com um deles em Miami, nos Estados Unidos), e lançar uma nova marca – o Jeronimo Smash Burger –, a rede de restaurantes obteve crescimento de 67% em seu faturamento, alcançando a notável marca de R$ 510 milhões, valor expressivo considerado o momento extremamente desafiador da economia brasileira.
Não por acaso, os números animadores correspondem ao ano em que a marca fez fortes investimentos em trabalhos de tradução de seus valores e dos principais pilares que norteiam o grupo e as pessoas que o compõem. No segundo semestre foi iniciada uma forte campanha de comunicação, veiculada nos meios digitais, televisão por assinatura, cinemas e revistas, para expressar o novo posicionamento da marca e seus principais atributos. Comida saudável e gostosa, preços honestos e principalmente muito carinho com os detalhes, a qualidade, o meio-ambiente, as pessoas envolvidas em toda a cadeia de produção e de atendimento e, claro, com os clientes que tem prestigiado cada um dos endereços do grupo.
Para Junior Durski, chef, fundador e presidente do Madero, o segredo para crescer no cenário de crise, além de um posicionamento inovador e claro, é o foco implacável na combinação alta qualidade dos produtos + preços honestos, além de uma cadeia produtiva praticamente 100% verticalizada, que ajuda a garantir excelência em todas as etapas do processo e a melhorar os custos. “Para este ano, nosso planejamento é ultrapassar a marca de R1,1 bilhão em faturamento e gerar mais de 1.700 novos postos de trabalho, passando dos atuais 3.700 funcionários para 5.400”, revela o empreendedor. O grupo ainda prevê o lançamento de três novas marcas ainda nesse primeiro semestre.

foto Gerson Lima


Assine nossa Newsletter



























A revista está linda, como sempre.
Adelina Alcântara Machado

Excelente revista. Leitura agradavel, uma mistura bem comtemporânea sem perder a identidade da cidade. Revista bem elaborada. Atemporal. Parabens Isabelle, sou sua fã. Que capa criativa.
Christiana Blattner, dermatologista