03/11/18 Chef Decor

Primeira batalha trouxe harmonização de vinhos com pratos de memória afetiva

Na última segunda-feira, dia 29, a primeira batalha do Chef Decor aconteceu na Trevisan Premium Store. Nesse desafio, os arquitetos Silvia Cabrino e Nelson Bergamo prepararam um menu com prato principal e sobremesa para 20 pessoas.
O corpo de júri avaliou cada um dos pratos e deu sua nota, levando em conta os critérios: tempo, técnica, visual/empratamento, sabor e harmonia entre as receitas. O resultado dos ganhadores das batalhas só será divulgado na final, quando os três finalistas vão cozinhar, ao vivo, em um evento com aproximadamente 200 convidados.
Pedro Bannitz, sommelier da Decanter Campinas, apoiadora do evento, escolheu 4 vinhos de diferentes regiões do mundo (Argentina, Portugal, França e Chile) para harmonizar com as criações dos chefs.

O primeiro a cozinhar foi Nelson Bergamo que preparou uma receita tipicamente peruana. O Quinotto, escolhido por ele como prato principal, transformou a quinoa em um risoto, que foi acompanhada por camarões grelhados e shitake.
Para harmonizar com o prato, o rótulo escolhido foi o Argentino Colomé Torronés. A proposta da escolha foi priorizar a regionalidade do prato e trazer uma uva da mesma origem, a Torrontés. O vinho traz como características a mineralidade e exuberância.
Para a sobremesa, o arquiteto trouxe o melhor da complexidade e da leveza, preparando uma pera com um creme de mascarpone com queijo de cabra e calda de chocolate. O rótulo escolhido para acompanhar foi o José Maria da Fonseca, moscatel de Setúbal. O vinho apresenta, ao mesmo tempo, peso e frescor e traz acidez para contrapor e enaltecer o sabor do mascarpone e da pera. Além disso, o rótulo apresenta um bom corpo e exuberância para interagir com o chocolate.

Na segunda batalha da noite, a arquiteta Silvia Cabrino trouxe inspirações das massas que sua avó fazia e homenageou o “gnocchi da fortuna”, tradicionalmente servido na Itália, no dia 29. O prato preparado foi o gnocchi de semolina com shimeji e alho poró, com coroa de camarões. Segundo a crença popular, quem come recebe sorte. A prática diz que se deve fazer um pedido e guardar por um mês a nota de dinheiro, que deve estar embaixo do prato. Silvia, seguindo à risca, presenteou os jurados com notas de dólar.
Para harmonizar, a escolha foi o vinho chileno De Martino Legado Chardonnay. O vinho apresenta peso e, devido a sua alta mineralidade, traz ótimo frescor para interagir com o alho poró e os camarões.
Para a sobremesa, Silvia preparou abacaxi e manga flambados ao caramelo de anis com sorvete de coco artesanal, feito por ela mesma. Por ser uma sobremesa delicada e com certa exuberância de frutas de poupa amarela o vinho indicado para a harmonização foi um Late Harvest, que tem por característica ser um vinho elegante e complexo. Sua acidez natural ainda destaca a leveza do prato.

A próxima batalha do Chef Decor será na próxima segunda-feira, entre os arquitetos André Zazeri e Aldomar Caprini.

O vencedor da competição ganhará um troféu, um curso de gastronomia compacto premium no IFBG (Instituto Franco-Brasileiro de Gastronomia), produtos da marca francesa Staub, presentes da Camicado e um presente surpresa da Decanter Vinhos.
O Chef Decor Campinas revelou, em sua primeira edição, talentos gastronômicos entre os profissionais de arquitetura e design de interiores, e o vencedor foi o designer de interiores Michel Lebedka.
Em 2018, a organização do evento escolheu a dedo 6 de 100 profissionais indicados para a competição.

Agenda Chef Decor
05/11 - Segunda Batalha (2 jantares) - Portobello 
Chefs: André Zazeri e Aldomar Caprini

12/11 - Terceira Batalha (2 jantares) - Romanzza
Chefs: Mariana Oliva e Fernanda Antunes

28/11 - Grande final 


Assine nossa Newsletter



























Uau que lindaaaaaa. Arrasaram!
Vocês estão de parabéns e crescendo muito, qualidade incrível do material e obrigada pela parceria e publicação sempre.
Patrícia Martins, Baobá Comunicação

 

Tenho o privilégio de haver acompanhado a trajetória da Absoluta, desde o seu embrião. Nesta caminhada, sempre houve muita determinação, luta para o cumprimento das metas estabelecidas e o desejo sempre constante de fazer o melhor e de surpreender. Neste momento especial, gostaria de evidenciar duas guerreiras incondicionais, assessoradas por uma equipe enxuta e competente. A primeira, a presidente Betty que nunca desistiu de enfrentar todas as barreiras para que a Absoluta atingisse o patamar a que chegou. A outra, Isabelle, companheira incansável e de sempre, com o seu linguajar de primeira linha, leve, envolvente e sincero. Revista Absoluta, formatação ideal, excelente conteúdo, matérias diversificadas, primando pelo bom gosto e qualidade gráfica. Nesta caminhada, inúmeras conquistas que sucessivamente vão se agigantando. Parabéns pelo sucesso! 
Maria Angélica Pyles

Mensagem