18/12/17 Calor do verão

Seu animal de estimação pode sofrer com as altas temperaturas

Durante a temporada do verão, tomamos diversos cuidados para evitar o mal estar nos dias mais quentes. Entretanto, não podemos descuidar dos nossos animaizinhos, que também sofrem com as temperaturas muito altas. Muita gente tem se rendido aos sapatinhos para pets durante as caminhadas. Mas há uma discussão em torno do benefício deste acessório. Por um lado, pode proteger as patinhas do calor e de objetos cortantes. Mas, em contrapartida, se o produto não for bem projetado, pode fazer a pata suar, causando desconforto e doenças no bichinho. O ideal é consultar um veterinário de confiança.

Confira algumas orientações:
- Mantenha a água da tigela do pet sempre fresca e limpa;
- Deixe os animais circularem em locais abertos e fresquinhos da casa;
- Evite passeios em horários de pico do sol;
- Compre protetores solares especiais para animais, que devem ser aplicados no focinho, nas orelhas e em qualquer parte que não tenha pelo;
- Aumente a frequência das tosagens, o que ajuda a aliviar o calor, além de diminuir a propagação de parasitas, como pulgas e carrapatos;
- Não se esqueça dos remédios anti-pulgas e das vacinas, pois no verão, a probabilidade do animal pegar alguma enfermidade é maior; 
- Prefira brincadeiras que envolvam água;
- Fique de olho em sinais de cansaço, como salivação, respiração ofegante, batimento cardíaco acelerado e pelo quente. Caso os sintomas não passem, leve-o urgentemente a um pronto socorro veterinário, pois ele pode estar sofrendo de Golpe de Calor que, se não for tratado, pode levar a morte.  


Assine nossa Newsletter



























Com certeza mais uma edição imperdível !!! Grande profissional Dr. Queiroz !!! 
Adriana Novaes, empresária

Absoluta é absoluta, um veículo de comunicação diferenciado com credibilidade e sempre atualizada e conectada com o que está acontecendo neste nosso mundo globalizado. Parabéns Absoluta, a sua Presidente Betty Abrahão e ao excelente time de colaboradores, chegar à maioridade sem ter nenhum número interrompido é um diferencial num mercado competitivo. 
José Afonso Bittencourt

Mensagem