27/04/18 Muito além das calorias

Reeducação alimentar propõe escolhas inteligentes

Quando pensamos em dieta, o que logo nos vem à cabeça é o sacrifício e a restrição de calorias. Mas, e se o processo de emagrecimento não precisar de tantos obstáculos? De acordo com a nutricionista Gabriella Gachet, as calorias são a energia desprendida dos alimentos ao digeri-los. "Essa energia é utilizada pelas nossas células para que executem suas funções, ou seja, precisamos nos alimentar para sobreviver", afirma. "Mas, quando utilizamos apenas a contagem de calorias em uma dieta – quando você só se preocupa com a quantidade de calorias que consome e não com a qualidade da sua alimentação – o resultado pode não ser o esperado", acrescenta.
Ela ensina que quando “fazemos dieta”, esperamos um resultado rápido, a curto prazo. E isso normalmente é associado à restrição de calorias. O melhor caminho é a reeducação alimentar, cujo objetivo é mudar e manter um estilo de vida mais saudável. E, como o ideal é alimentar-se conscientemente, sem dúvida essa é a melhor escolha que você poderia fazer.
"É importante mudar toda a forma como vemos – e comemos – os alimentos. Ter consciência alimentar é saber apreciar cores, sabores, texturas e aromas, entender os sinais de fome e saciedade que o corpo nos dá, descobrir que o momento das refeições é também um momento reservado para o seu bem-estar", explica.
A nutricionista afirma que quando fazemos escolhas conscientes e apreciamos o momento, nosso organismo aproveita melhor os nutrientes e nos envia sinais mais claros de que estamos satisfeitos. E, ao construirmos uma relação positiva e saudável com a comida, esse hábito dura para sempre.
"Se você comer o que gosta e fizer escolhas inteligentes, o sucesso na balança aparece. E ele se reflete também no bem-estar, na sensação de ter alcançado um objetivo e no aumento da disposição. Você só terá vitórias a comemorar", finaliza.

 


Assine nossa Newsletter



























A revista está linda. Se não for pedir demais adoraríamos ter uma cópia para nosso arquivo. 
Luiz, Lar do Velhinhos de Campinas

Na matéria da revista Absoluta, em que Isabelle Sabbatini escreveu o texto sobre Egas Francisco, tive uma certeza: ela compreendeu um gênio !!!!!!
As suas palavras descrevem Egas como alguém "que inspira mansidão, acolhimento, ousadia e loucura". Esta é a síntese da genialidade de quem suplanta todas as expectativas de ser apenas um igual e abraça com ousadia e coragem as suas próprias contradições para construir um novo caminho. Pessoas que extrapolam os conceitos vulgares de simplesmente existir e, assim, atingem a genialidade. Pessoas que tornam menos sombria a condição humana, porque elas tem a criatividade e a força de espírito maior do que a maioria das pessoas integradas no contexto do existir comum.
Parabéns, Isabelle !!! Amei a matéria !!!! Bjs
Anna Maria Badaró, artista plástica

Mensagem