18/12/19 Fones de ouvido

Mal uso é capaz de desenvolver problemas auditivos

No trabalho, no transporte e, até mesmo, na hora de dormir, utilizar fones de ouvido é uma prática muito comum no dia a dia das pessoas. Mas é preciso saber que deixar o volume além dos 80 decibéis é perigoso. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), aproximadamente 50% dos jovens, entre 12 e 35 anos, o que representa mais de um bilhão de pessoas, corre o risco de perder a audição, e uma de cada dez pessoas sofrerá de perda auditiva incapacitante até o ano 2050, o dobro do número atual.
“A exposição a ruídos muito altos, seja em shows e baladas, ou pelo uso de fones de ouvido, é muito prejudicial. Mas é possível, com bons hábitos, evitar problemas na audição. O tempo de exposição pode fazer a diferença”, afirma o otorrinolaringologista Gilberto Ulson Pizarro.
O tempo de uso, o nível do volume e o tipo dos fones de ouvido são determinantes para manter a boa saúde auditiva. “É possível escutar música por até 8 horas diariamente, com o volume abaixo de 80 decibéis. Porém, quanto maior o volume, menor o tempo de uso. Por exemplo, acima de 100 decibéis, o tempo cai para 4 minutos por dia”, explica Pizarro.
Para saber se o som está adequado, basta observar o indicador de volume. Em opções com escala de 0 a 10, mantenha entre o 5 ou o 6. Já o volume de escala visual, sem indicação de números, deixe até a metade.
Além disso, a melhor opção é utilizar os tipos de fones ao redor da cabeça, cobrindo as orelhas, em vez das opções introduzidas no ouvido. Outra dica importante é optar por aparelhos com noise cancelling, ou com redução de ruído. Estes modelos eliminam o barulho externo, sendo possível deixar o volume do som mais baixo.
“Quanto maior a distância entre a fonte sonora e o ouvido, melhor, por isso as opções de fones externos é a mais indicada. Mas, fica o alerta: como a pessoa não ouve os ruídos exteriores, acaba não prestando atenção no que está acontecendo a sua volta e, assim, o número de acidentes, como quedas e atropelamentos, aumenta”, diz Gilberto.

 


Assine nossa Newsletter



























Compromisso, seriedade, credibilidade, variedade de temas, e muitos outros fatores fazem a Revista Absoluta ser respeitada por todos e ter percorrido estes anos com tanta dignidade. Parabenizo toda a equipe “Absoluta” e que vocês possam continuar sempre na luta.
Ligia Rafful

 

Parabéns, Absoluta! Nesses anos todos, é difícil lembrar de um evento ou lançamento em que a Absoluta não esteve presente, sempre mostrando o melhor e mais representativo da sociedade atual, num mix de jornalismo, entretenimento e variedade, mas nunca deixando a emoção de lado.
A credibilidade nas opiniões e a rápida adequação às tendências nos mais variados setores, coloca a publicação num patamar único em toda a região.
O destino Estados Unidos, com seus inúmeros pontos turísticos, foi muitas vezes visitado pela Absoluta com seu olhar diferenciado, transformando cada roteiro num objeto de desejo para seus fiéis leitores.
Obrigada, Absoluta! Que sua incrível equipe continue nesse caminho de sucesso e luz!
Jussara Haddad, do Consulado e Embaixada dos Estados Unidos