Alimentação saudável

Uma dieta rica em fibras torna-se imprescindível para quem busca uma vida mais saudável ou para quem quer emagrecer. Consumir alimentos gordurosos, salgadinhos, biscoitos para satisfazer o desejo incontrolável de comer algo pode prejudicar a perda de peso e prejudicar a própria saúde da pessoa, pois esses alimentos não ajudam manter a saciedade. Segundo o Dr. Fernando Bacalhau, médico nutrólogo, é possível contar com o auxílio de uma alimentação balanceada e alguns alimentos para controlar essa vontade de comer o tempo todo. “É comum quando não consumimos os alimentos corretos, pulamos refeição, o cérebro entende que o organismo não está se alimentando, provocando uma compulsão por comida à tarde ou à noite”, explica. Existem outros gatilhos como estresse, ansiedade, alterações no humor e a rotina agitada que influenciam na vontade de comer compulsivamente.
É possível controlar todas essas alterações consumindo alguns alimentos como sementes, castanhas, ovos e laticínios. “Eles contém triptofano que é utilizado na síntese do neurotransmissor, a serotonina, que é caracterizada como um regulador de humor e apetite e também ajuda a produzir saciedade alimentar”, afirma o nutrólogo.
De acordo com o Ministério da Saúde, a recomendação diária de fibras é de 25g, entretanto, são poucas as pessoas que conseguem consumir a quantidade ideal de fibras no dia a dia. Dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mostram que 68% da população consomem fibras abaixo desse valor. “As fibras devem estar presentes na primeira refeição do dia, que é o café da manhã. Não deixe de consumir frutas, pão integral e granola”, ressalta o Dr. Fernando.  Os alimentos ricos em fibras possuem outros benefícios além de garantir a saciedade. Eles colaboram para o bom funcionamento do intestino protegendo-o contra a constipação.
Existem dois tipos de fibras: as solúveis e as insolúveis. “Cada uma possui uma características diferentes. As solúveis são responsáveis pelo aumento da saciedade e ajudam no controle do colesterol e diabetes. E as insolúveis aumentam o peso e aceleram o trânsito intestinal”, frisa o Dr. Fernando.
Para quem deseja controlar a saciedade, é essencial manter uma alimentação balanceada com fibras solúveis. Confira a lista e saiba quais são esses alimentos:

– Feijão carioca: 1 concha tem 7,3 g de fibras solúveis;
– Goiaba branca: 1 unidade e meia, com casca, apresentam 6 g de fibras solúveis;
– Arroz integral cozido: 4 colheres (sopa) possuem 3,8 g de fibras insolúveis;
– Pão de forma de trigo integral: 2 fatias apresentam 3,5 g de fibras insolúveis;
– Ameixa crua: 4 unidades da fruta fornecem 3,4 g de fibras solúveis;
– Pipoca: 2 xícaras e meia (chá) proporcionam 3,2 g de fibras solúveis;
– Aveia: 4 colheres (sopa) contêm 3,3 g de fibras solúveis;
– Alface: 15 folhas apresentam 2,8 g de fibras insolúveis;
– Beterraba: fornece 1,4 g de fibras insolúveis a cada 2 colheres (sopa).
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!