Alta gastronomia

DESTAQUEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE!!!!!!!!!

A gastronomia é um dos aspectos mais marcantes de uma viagem, e por isso é um grande acerto escolher um hotel em que a culinária é o carro chefe. Na Europa, empreendimentos luxuosos convidam chefs premiados, elaboram cardápios únicos e oferecem experiências únicas à mesa de seus restaurantes para atrair turistas que visitam a região.
Em Paris, o Le Baudelaire, do hotel Le Burgundy, conta com o chef Guillaume Goupil cuja proposta é reinterpretar clássicos da culinária francesa sob novas tendências, apostando na qualidade dos produtos sazonais. Além dos pratos, o empreendimento oferece um ambiente requintado, com um salão ao redor de um pátio envidraçado e decorado com grandes espelhos, além da adega com 500 rótulos.
Outra opção luxuosa na cidade é o hotel cinco estrelas Le Cinq Codet, cujo restaurante é comandado pelo chef português Ricardo Lucio, que apresenta uma cozinha simples e saborosa. No cardápio, pratos típicos da culinária francesa e sobremesas caseiras, como pêra com caramelo e canela e creme de limão com marmelo e chocolate. Uma das novidades no local é o pocket show de jazz aos sábados, no bar ou lounge.
Já Portugal conta com o Farol Hotel, em Cascais. Os restaurantes The Mix e Sushi Design oferecem opções de peixes e frutos do mar, mas cada um à sua maneira. O primeiro traz à mesa sabores tradicionais portugueses e especialidades da cozinha mediterrânea elaborados pelo chef Hugo Silva, como pargo com limão acompanhado por guisado picante de feijão e risoto de lagosta com infusão de gengibre, todos acompanhados de excelentes vinhos. O segundo, por sua vez, oferece sushis, sashimis e ramakis feitos com peixes da região. Sob o comando do brasileiro Nuande Pekel, que é tão reconhecido no surf quanto atrás do balcão, o Sushi Design acumula prêmios gastronômicos, como o de melhor restaurante de 2015 pela revista Frontline.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta