Atenção na hora de comprar imóvel

Please select a featured image for your post

Comprar um imóvel é um dos objetivos primordiais do brasileiro. Soma-se a isto as facilidades que os bancos têm oferecido aos consumidores na hora de fechar contrato: juros baixos, parcelas decrescentes, descontos com base na renda comprovada. Comprar um imóvel, hoje em dia, esta muito mais fácil. Mas, ao mesmo tempo que o brasileiro tem estas facilidades, é preciso ficar atento ao contrato.

O Instituto Brasileiro de Estudo e Defesa das Relações de Consumo (IBEDEC), registrou de outubro de 2009 a maio de 2010 um aumento de 35% nas queixas relativas à compra de imóveis na planta, o que significa cerca de 30 reclamações semanais.

Por conta disto, o IBEDEC dispõe no site www.ibedec.org.br uma Cartilha do Consumidor, em que reúne dicas de como escolher uma boa construtora e o imóvel ideal, ajustando-se as necessidades financeiras de cada família. Para aqueles que já compraram e foram lesados com algum tipo de problema, a Cartilha sugere soluções para enfrentar a situação.

“Depois do casamento, a compra do imóvel próprio é o segundo ato civil mais importante na vida do brasileiro. O problema é que, com o acesso ao crédito cada vez mais fácil e rápido, as pessoas visitam a imobiliária e já saem de lá com o contrato assinado, sem submetê-lo à análise de um advogado, o que é imprescindível”, afirma José Geraldo Tardin, presidente do Ibedec.

Entre algumas medidas que o IBEDEC recomenda são ações coletivas em que um grupo de consumidores lesados por uma empresa entra com uma única ação para questionar os problemas ou cobrar as indenizações cabíveis.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta