AVC em crianças

Please select a featured image for your post

Secretaria de Estado da Saúde faz um alerta sobre um risco cada vez mais frequente de Acidente Vascular Cerebral (AVC) em crianças. Somente em 2008, foram registrados 266 casos, com 28 óbitos e, em 2009, foram 177, entre crianças até 14 anos de idade. Apesar de acometer, na maioria das vezes, pessoas adultas, o problema aumenta entre os pequenos.

O AVC se caracteriza pela interrupção do fluxo sanguíneo para determinada área do cérebro, provocando um infarto ou hemorragia. Em 90% dos casos algum membro do corpo pára de funcionar. Entre os sintomas mais freqüentes estão a diminuição da força muscular, que pode ser localizada ou generalizada, perda da consciência, defeito no campo visual, dificuldade na fala, dor de cabeça, convulsão, entre outros.

“Não existe prevenção para o AVC na população infantil. Algumas crianças fazem parte de grupo de risco para o AVC, como portadores de anemia falciforme, cardiopatias congênita, hipercolesterolêmia e diabetes. Os fatores de risco da doença na infância são diferentes dos casos em adultos (hipertensão arterial, obesidade, infarto)”, afirma o neuro-pediatra do Hospital Infantil Darcy Vargas, Paulo Breinis.

 

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!