Azul já voa em Viracopos


A Azul Linhas Aéreas já opera no mercado brasileiro. O primeiro vôo da companhia aconteceu de Campinas a Salvador com decolagem do Aeroporto Internacional de Viracopos. Com as freqüências diárias da companhia, o terminal passará de 194 a 257 vôos semanais de passageiros, uma expansão de 32,47% nas operações.

O presidente da Azul, Pedro Janot, afirmou que a busca de informações no site da companhia pelos valores e destinos superou as expectativas. Ele salienta que o retorno em compras efetivas de bilhete também foi muito bom para os primeiros passos da empresa no mercado nacional. A Azul parte de Campinas para Salvador e Porto Alegre. A tarifa promocional para o lançamento da companhia de Viracopos para a capital baiana é de R$ 219,00 (por trecho para viagens de ida e volta) e R$ 159,00 para a capital gaúcha. Em 14 de janeiro, a companhia aérea passa a operar mais duas rotas: Curitiba e Vitória.

A companhia vai disponibilizar um ônibus que sairá da Capital para Campinas. “A saída será no bairro da Barra Funda”, comentou. O custo será de R$ 15,00 a R$ 20,00 e o passageiro poderá fazer o check in no veículo e também o despacho das malas.

A expectativa é de uma taxa de ocupação das aeronaves de 20% a 30% no início das operações. A Azul começa a operar com três aviões de Embraer (dois 190 e um 195). Até o final desse ano, a empresa receberá mais cinco aeronaves e até o término de 2009 a frota será de 16 equipamentos. O presidente da companhia destacou que os passageiros contarão com serviços exclusivos como poltronas de 86 centímetros. O benefício, porém, vai custar R$ 30,00 a mais no bilhete.

A partir do dia 14 de janeiro, os passageiros poderão voar pela Azul de Campinas para Curitiba e também para Vitória.

A Azul projeta em cinco anos ter 78 aeronaves e uma malha que irá servir 25 cidades brasileiras. A empresa utiliza o conceito de ponto a ponto para ligar os destinos. Outra estratégia é a flexibilização das tarifárias, com o objetivo de estimular a ampliação do público que utiliza o transporte aéreo. Em 2013, a companhia aérea deve chegar a cinco mil empregos diretos gerados.

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta