Banco de Caixas Plásticas

Please select a featured image for your post

A Centrais de Abastecimento de Campinas (Ceasa) inaugura hoje em seu entreposto uma iniciativa com tecnologia pioneira no país, o Banco de Caixas Plásticas. O objetivo do projeto é acondicionar e transportar hortifrutigranjeiros em caixas plásticas higienizadas e padronizadas, eliminando gradativamente, no prazo de um ano, as 1,2 milhão de embalagens de madeira retornáveis. Após este período, as caixas de madeira e de papelão poderão ser utilizadas uma única vez, sem possibilidade de reaproveitamento. As de plástico fora de padrão, cerca de 600 mil que já circulam no mercado, também continuarão em uso, mas higienizadas.

O projeto demorou três anos para ser instalado e contou com a participação de permissionários (atacadistas), clientes, visitas, debates e processo licitatório. A medida moderniza o mercado e gera grandes benefícios, desde o aumento da vida útil dos hortifrutis, até a redução de disseminação de pragas e do desperdício de alimentos.

O Banco conta com uma área de três mil metros quadrados para o serviço de padronizar, higienizar, armazenar, locar, vender e fornecer laudo técnico de higiene de caixas plásticas. O Banco tem capacidade para lavar até 2.600 caixas por hora, vai gerar 50 empregos diretos de maneira imediata. O serviço deve ser expandido gradativamente para um espaço de até 12 mil metros quadrados e gerar 200 postos de trabalho.


Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta