Bons números

Please select a featured image for your post

Seguindo a tendência de queda em casos de dengue que aconteceu em quase todo o Brasil nos quatro primeiros meses de 2012, Campinas reduziu de 2.216 para 512 os registros da doença na cidade, uma queda de 76%. No país a redução foi de 44% e no estado de São Paulo, de 75%.

Em janeiro foram 48 casos, mais 52 em fevereiro, 151 em março e 261 em abril. A tendência histórica é a queda de casos a partir de maio, quando começa a estiagem na região. Em 2011, janeiro registrou 68 casos, fevereiro 288, março 658, abril 1.202 e 714 em maio. O ano fechou com 3.178 registros.

Para o coordenador do Programa Municipal de Controle da Dengue, André Ricardo Ribas Freitas, o resultado deve reforçar ainda mais o cuidado contra a doença, para que a redução continue durante todo o ano. “Não podemos nos descuidar porque o trabalho de combate à dengue é contínuo, dura o ano todo”, explicou Freitas.

Freitas destacou a importância da população evitar água parada e receber o agentes de saúde, que orientam e tiram dúvidas. Nas regiões com muitos casos da doença é feito o bloqueio químico para controlar a população de mosquitos.

O ano em que Campinas registou o maior número de casos da doença foi 2007, quando a cidade teve 11.442 casos, sendo 9.953 nos primeiros quatro meses do ano.

 

 

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!