Caminhar é preciso

As responsabilidades e a correria do dia a dia impedem, muitas vezes, a criação de uma rotina de exercícios físicos. Mas, um estudo americano comprovou que caminhar apenas 20 minutos por dia garante diversos benefícios para o corpo. Ou seja: não existe desculpa para deixar de lado o cuidado com a saúde

Mexa o corpo, pratique esportes ou qualquer atividade física diariamente: na teoria, este é o primeiro passo para se ter uma vida saudável. No entanto, na prática, a situação é “um pouco” diferente. Excesso de trabalho, cuidados com a casa e responsabilidades com a família são apenas alguns dos empecilhos para a conquista de uma rotina de exercícios. Isso sem falar na preguiça. Contudo, um estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, concluiu que uma simples caminhada de 20 minutos por dia traz inúmeros benefícios para o corpo. Ou seja, basta calçar um tênis, escolher uma hora do dia em que o sol não esteja muito forte e sair para rua. Não dá nem para inventar desculpas, não é mesmo?
Os pesquisadores descobriram que a atividade melhora as funções cognitivas, já que favorece a sintetização de endorfinas, os hormônios do bem-estar. Assim, se você reservar 20 minutos todos os dias para este exercício, funções básicas como atenção, memória e processamento das informações melhorarão de forma notável. Da mesma forma, andar, respirar profundamente e colocar o coração para funcionar em um rimo estável atua como um relaxante para o cérebro e pode ajudar no combate de doenças psicológicas como a depressão. 
A caminhada também é uma grande aliada da saúde cardiovascular. Isso porque a prática aumenta a força do coração e sua capacidade de bombear o sangue, deixando as artérias mais elásticas, podendo se dilatar melhor para permitir a circulação sanguínea. O exercício é ótimo para quem sofre de hipertensão arterial. 
E os benefícios vão além. O hábito previne a aparição da diabetes, uma vez que melhora o metabolismo e abaixa o nível de açúcar no sangue; fortalece o sistema ósseo; favorece o trânsito intestinal, evitando a prisão de ventre e ajudando a limpar o organismo; além de tonificar as pernas. Esta última vantagem agrada principalmente as mulheres, que sofrem com problemas de circulação, varizes e desgaste no joelho com mais frequência do que os homens. 

Momento propício – As caminhadas não precisam ser necessariamente antes ou depois do trabalho. A prática pode acontecer no horário de almoço, por exemplo, e a boa notícia é que isso pode melhorar a concentração e diminuir a sensação de fadiga.  Um estudo publicado no “Journal of Occupation Health Psychology” afirma que após 15 minutos de exercício, funcionários de uma empresa estavam mais focados nas tarefas e se sentiam menos estressados.  

Dicas para uma caminhada segura:

– Use calçados confortáveis
– Ao caminhar, os dedos dos pés devem apontar para frente
– O calcanhar do pé deve tocar o chão primeiro
– Os braços devem mover de forma natural e contínua
– Os ombros devem estar ligeiramente para trás e o queixo tem que estar levantado, não apontado para o chão
– Evite usar joias para não incomodar ou chamar a atenção de ladrões
– Se caminhar em horas e locais com pouca iluminação, utilize roupas coloridas
– Leve algum meio de comunicação, caso precise de ajuda
– Se levar fones de ouvido, o volume deve estar baixo para escutar os sons do ambiente e do tráfico 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!