Campinas Decor 2011

Cartão postal da cidade e patrimônio histórico dos mais importantes do interior paulista, a Estação Cultura, cravada no centro de Campinas, revive o auge da época em que era ponto de partida e chegada de milhares de pessoas. De 29 de abril a 12 de junho, o edifício avistado de longe graças ao imponente relógio inglês em sua torre vira palco da 16ª edição da Campinas Decor e oferece aos visitantes a possibilidade de conhecer o que há de mais moderno no mundo da arquitetura, decoração e paisagismo ao mesmo tempo em que viaja no tempo e respira o glamour das estações ferroviárias de outrora.

Resultado de um investimento recorde de R$ 10 milhões, a edição 2011 da principal mostra de arquitetura, decoração e paisagismo do interior do Estado reúne em 5,5 mil metros quadrados de área construída 62 ambientes internos e externos preparados por 103 profissionais de Campinas, Americana, Jundiaí, Vinhedo, Santa Crus do Rio Pardo e Sumaré e apresenta-se como uma das mais grandiosas da história da Campinas Decor. A expectativa é de que 35 mil pessoas visitem o evento – volume 10% superior ao registrado em 2010.

“A beleza e a história do cenário inspiraram os expositores, que prepararam um verdadeiro espetáculo estético para o público”, afirma a empresária Sueli Cardoso, uma das organizadoras da mostra. Sua sócia, Stella Pastana Tozo, acrescenta que os profissionais souberam tomar partido das características da estação, com espaços amplos, pé-direito alto e elementos arquitetônicos seculares. “O resultado é uma combinação perfeita do antigo com o moderno”, resume.

Além de preparar os ambientes que compõem a mostra, a organização e os expositores realizaram um amplo trabalho de conservação do prédio inaugurado em 1884, que é tombado pelo Patrimônio Histórico municipal e estadual. Em mais de dois meses de obras, um exército de 1.500 profissionais recuperou pisos e revestimentos, consertou o telhado, portas e janelas, modernizou as redes hidráulica e elétrica e recuperou as fachadas interna e externa. Do total de investimentos, estima-se que de R$ 2,5 milhões a R$ 3 milhões tenham sido gastos apenas na conservação do edifício, revertendo-se em benefício para o patrimônio público do município. Os valores representam o que foi investido entre organização, expositores, patrocinadores e fornecedores.

O trabalho respeitou as regras de tombamento, sem interferir em qualquer ambiente no sentido de descaracterizar o que existe atualmente no prédio. Todos os projetos foram examinados e aprovados por uma comissão do Condepacc (Conselho de Defesa do Patrimônio Cultural de Campinas) e da Coordenadoria Setorial de Patrimônio Cultural.

A realização da Campinas Decor na Estação Cultura foi possível devido a um termo de permissão de uso firmado entre a organização do evento e a Secretaria Municipal de Cultura. O termo tem como objetivo a cooperação entre o governo municipal e a iniciativa privada para a conservação do prédio. 

Free-pass e venda de móveis e objetos

A organização da Campinas Decor preparou duas novidades que irão agradar o público na edição 2011. Confira:

Free-pass Campinas Decor: Pelo valor de R$ 40,00, será possível adquirir o Free-pass Campinas Decor, que dará direito a visitas ilimitadas à mostra.

Venda de móveis e objetos: A maioria dos móveis e objetos expostos na Campinas Decor poderão ser adquiridos pelos visitantes durante o período do evento, com descontos especiais.

Campinas Decor 2011 em números

Investimento total: R$ 10 milhões
Investimento na conservaçãodo prédio: cerca de R$ 3 milhões
Área total: 5,5 mil metros quadrados
Área da gare: 2 mil metros quadrados
Ambientes: 62
Expositores: 103
Empregos gerados na obra: 1.500
Empregos gerados durante o evento: 150
Fornecedores: 1.200

Serviço
Campinas Decor 2011
Data: de 29 de abril a 12 de junho
Local: Estação Cultura
Endereço: Praça Marechal Floriano Peixoto, sem número, Centro, Campinas (SP)
Horários de visitação: de terça a sexta-feira, das 14h às 22h; sábados, domingos e feriados, das 12h30 às 22h. A bilheteria fecha sempre às 20h30.
Valor dos ingressos: R$ 26,00; estudantes e idosos pagam R$ 18,00 e crianças de até 12 anos não pagam. A partir da terceira visita, o valor do ingresso é de R$ 14,00.
Serviços disponíveis: Bar, restaurante, botequim, chocolataria, café, espaço para crianças e estacionamento com manobrista.
Telefone para informações: (19) 3255-7744
www.campinasdecor.com.br

 

 

 


Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!