Carnaval

O carnaval é uma das datas comemorativas mais agitadas no Brasil. E é também uma época que exige dedicar mais atenção às crianças e aos cuidados necessários que elas precisam durante a festa. Veja alguns pontos que merecem mais atenção, levantados pelo pediatra, Jorge Huberman:

A música
“O limite máximo de exposição a sons permitido pela legislação brasileira é de 85 decibeis. A partir deste nível, há risco de perda auditiva dependendo da intensidade do som (volume), tempo de exposição e sensibilidade individual”.

As fantasias
"É importante que além de confortáveis as crianças estejam seguras. As lantejoulas, além de poderem danificar as peles mais sensíveis são facilmente engolidas. Os acessórios e objetos pontiagudos também devem ser evitados, pois devido ao suor nos pés e a água muitas vezes no chão, as crianças podem escorregar e se machucar".

O calor
"Roupas muito quentes podem provocar brotoejas e dermatite irritativa. O uso de tintas e maquiagens usadas para pintar rosto, braços e pernas também podem ser responsáveis pela dermatite. O melhor é optar por tintas com base aquosa e maquiagens específicas para o público infantil".

As máscaras
Quando o assunto são as máscaras, tão desejadas pelas crianças, a sugestão é que não sejam feitas de materiais sintéticos, já que esses podem impedir a respiração. Outro detalhe importante é a atenção aos objetos pequenos como serpentinas e pedaços de bexigas estouradas. "O ideal é nunca estourar materiais próximo a boca, e caso aconteça a ingestão acidental, retirar imediatamente para que a criança não se sufoque. Em casos mais graves deve-se procurar o pronto atendimento local".

Filtro solar
"Aplique o filtro solar antes de sair de casa e reaplique de duas em duas horas. Lembre-se de usar protetores indicados para bebês e crianças menores de 12 anos".

Água, sempre!
"O calor excessivo também pode ser um vilão provocando inclusive insolação. Alguns dos sintomas são: sede intensa, pulsação acelerada, tontura, vômitos e boca seca. Nesse caso use o soro caseiro -3,5 gramas de sal e 20 gramas de açúcar por litro de água para hidratar a criança e a leve ao médico imediatamente".

 

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!