Castanhas ajudam a cuidar da saúde

Um dos mais recentes estudos revela quais alimentos podem melhorar o desenvolvimento do cérebro e prevenir sua degeneração. Segundo o artigo de Fernando Gómez-Pinilla, neurocientista da Divisão de Neurocirurgia da Universidade da Califórnia, o cérebro necessita de muita energia para funcionar e isso deixa como resíduos muitos químicos oxidantes, por isso é importante o consumo constante de alimentos antioxidantes, como nozes, castanhas e óleos vegetais, como o azeite de oliva.
As castanhas protegem o sistema cardiovascular, aumentam a imunidade e o bom colesterol (HDL) e colaboram nos processos anti-inflamatórios, na cicatrização e também contribuem para a beleza da pele e dos cabelos. O consumo destes alimentos é maior na Europa e regiões mais frias, mas vem crescendo bastante no Brasil.
As propriedades anti-oxidantes das amêndoas e de vários tipos de castanhas são mostradas em estudos realizados na Universidade de Nutrição de Loma Linda, nos Estados Unidos. Segundo Joan Sabaté, médico e coordenador das pesquisas, as frutas oleaginosas possuem vitaminas e sais minerais importantes para manter a saúde do corpo. “As amêndoas, por exemplo, são ricas em vitaminas E, B1, cobre, zinco, magnésio, proteínas, fibras e gordura não saturada, que contem laetrila, substância de combate a alguns tipos de câncer. Além disso, elas contém benzaldeído, ingrediente que ajuda a remover os radicais livres das células e diminuem em 50% as chances de problemas do coração, quando consumidas regularmente”.
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!