Cautela nas férias

Para fazer uma longa viagem de avião, é importante estar atento aos riscos que esse tipo de deslocamento pode apresentar, como a trombose venosa profunda. Ela consiste na formação de um coágulo de sangue, normalmente nas pernas, que pode se deslocar pela corrente sanguínea e chegar a órgãos vitais, como o pulmão. Nos casos mais graves, a trombose venosa pode causar a morte.
Alguns indivíduos apresentam maior tendência a ter trombose. Dr. Jorge Kalil, cirurgião vascular, elenca quem são eles: mulheres que usam anticoncepcionais, mulheres que usam anticoncepcionais e fumam, mulheres grávidas, portadores de varizes, portadores de trombofilia, portadores de distúrbio da coagulação do sangue – hipercoagulação, pessoas que já tiveram trombose venosa em outra ocasião e obesos.
O especialista também dá dicas para prevenir a trombose venosa: trabalhar a panturrilha, fazer flexão e extensão dos pés e das pernas, andar de 5 a 10 minutos por hora de voo, usar meia elástica de média compressão até o joelho. Dr. Jorge Kalil ainda explica que para pacientes que apresentam maior risco, pode haver indicação de tomar um comprimido anticoagulante uma hora antes de embarque. Mas esclarece que apenas um médico poderá fazer a solicitação. Por fim, o cirurgião vascular reforça que a aspirina e/ou AAS não fazem a prevenção da trombose venosa. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!