Cirurgia Bariátrica

Poucos sabem, mas a cirurgia bariátrica é uma grande aliada no controle da diabetes tipo 2. Quando uma pessoa se submete ao procedimento, também há a redução da grelina, hormônio que estimula a fome e a saciedade, diminuindo assim, os dois.
O estômago, reduzido pela cirurgia, não consegue digerir o alimento, que acaba chegando praticamente intacto e mais rápido ao intestino. A chegada mais rápida promove uma liberação de diversos hormônios, entre eles o GLP1, que agem sobre o pâncreas, que passa a produzir mais insulina. Logo, com mais insulina, o corpo consegue colocar mais açúcar para dentro das células, diminuindo assim o açúcar no sangue.
Além disso, quando a pessoa emagrece, as substâncias inflamatórias que bloqueiam a ação da insulina na célula também diminuem. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta