Citroën C3 Aircross

A Citroën iniciou a produção do C3 Aircross no Brasil, modelo que será lançado no mercado no início de setembro. Produzido em Porto Real, no Estado do Rio de Janeiro, o Citroën Aircross é a opção da marca para o cliente que busca ousadia e personalidade. Além do mercado interno, o Aircross abastecerá mercados como Argentina, Uruguai, Paraguai, Colômbia, Costa Rica e outros a serem definidos.

O Aircross chega ao Brasil com a missão de incrementar em 1% a participação de mercado da marca, hoje estabilizada em torno de 2,5%. Esse modelo deverá representar cerca de 2.500 unidades mensais a mais nas projeções da Citroën para o último trimestre, que vai ampliar a presença da marca no Brasil para algo em torno de 3,5%. Para o ano como um todo, principalmente em função do lançamento do Citroën Aircross, a marca espera superar a barreira de 85 mil unidades no Brasil, crescendo cerca de 24% sobre as 69.302 unidades vendidas em 2009. 

Para receber o Citroën Aircross, o Centro de Produção de Porto Real recebeu uma série de investimentos e modificações em suas áreas produtivas (tanto em layout como em fluxos de produção). Batizado de Ai58, o projeto teve início em maio de 2007, consumindo 38 meses de trabalho nas áreas de concepção, compras, qualidade, desenvolvimento e industrialização.

Devido às muitas características próprias do projeto, áreas específicas foram criadas dentro da linha de montagem. É o caso da colocação do estepe traseiro, inédito na marca; das barras de teto, montadas sobre a lateral do veículo; da alta estanqueidade do habitáculo, devido à dupla vedação das portas; ou mesmo do exclusivo sistema Pionner de áudio.

Todas as unidades do Citroën AIRCROSS produzidos no Brasil, incluindo os modelos para exportação, serão equipadas com o motor 1.6 16V Flex, produzidos na fábrica de motores do complexo. Com 1.597 cm³, este motor disponibiliza 110 cv quando utilizado com gasolina e 113 cv quando utilizado com álcool, sempre a 5.800 rpm. Uma de suas maiores virtudes é o generoso torque, alcançado a 4.000 rpm com gasolina (142 Nm) e 4.500 rpm com álcool (155 Nm).

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta