Contas atrasadas

O Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) fizeram uma pesquisa sobre as expectativas e projetos dos brasileiros para 2016, a maior porcentagem ficou em 36,8% com as pessoas que pretendem sair do vermelho, pagando todas as contas que estão vencidas. O valor médio dessas dívidas, incluindo juros e multas, chega a mais de R$ 11 mil.
Em seguida, também são mencionados os desejos de fazer atividade física (34,3%), de comprar e/ou trocar de carro (27,6%) e perder peso (27,5%). O levantamento, feito em todo o Brasil, mostra ainda que as expectativas em relação à conjuntura econômica do país estão divididas: para 31,1% a situação será pior do que no ano passado, contra 37% que imaginam que será melhor.
Para a economista chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, os dados da pesquisa mostram que ao menos uma parte dos consumidores entende a gravidade da situação e pretende agir ativamente a fim de evitar o desequilíbrio financeiro. “Medidas como a organização das contas e o uso consciente do cartão de crédito podem fazer diferença no orçamento ao longo de todo o ano, uma vez que não há previsão de quando haverá recuperação da economia. O consumidor sabe que as compras parceladas representam risco de endividamento, situação que poderia fugir ainda mais ao controle em caso de desemprego”, explica.
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta