Couro cabeludo

Em dezembro começa, oficialmente, o verão, e com a chegada da estação aumentam os cuidados com o corpo. A cabeça costuma ficar praticamente sem proteção e essa situação piora no caso de homens ou mulheres que sofrem com a calvície em seus diversos graus. Por isso, o cirurgião plástico Márcio Crisóstomo dá dicas para evitar queimaduras e problemas mais graves na região, como o câncer de pele. Confira: 

Protetor solar na cabeça
O produto é essencial para o corpo inteiro, inclusive o couro cabeludo. Carecas ou calvos precisam ter atenção redobrada e utilizar protetores com fator 50.  No mercado, existem opções em spray e leave-ins, que facilitam a aplicação.

Outra proteção
De acordo com Márcio, usar chapéus, bonés e lenços também é uma ótima opção na hora de proteger a cabeça. As peças evitam que os raios prejudiciais atinjam diretamente a área. Atualmente, existem, inclusive, tecidos com proteção UV.

Cosméticos aliados
O cirurgião ressalta que é importante usar shampoo e condicionador à base de proteínas principalmente durante o verão. No caso dos calvos, apesar do pequeno número de fios, a limpeza é fundamental para que os poros permaneçam sem impurezas e devidamente hidratados. Em todos os casos, um dermatologista deve indicar o melhor produto a ser utilizado por cada pessoa.

Transplante capilar
Os fios protegem o couro cabeludo da irradiação direta. Assim, o procedimento é uma opção para diminuir as complicações na região, no caso de indivíduos calvos ou com pouco cabelo.

Me queimei, e agora?
“Em primeiro lugar, procure um médico. Em seguida, invista na hidratação com cremes leves (de preferência os que são à base de aloe vera) e específicos para queimaduras, que ajudam a diminuir a ardência”, orienta Márcio.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!