Crédito a juro zero para empresas negativadas do estado de SP

O Governo de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, oferece R$ 100 milhões em crédito para empresas negativadas durante a pandemia da Covid-19 com o programa Nome Limpo. A iniciativa já está em operação no estado de São Paulo.

Lançada neste ano, a iniciativa visa facilitar a regularização da situação de empresários negativados junto aos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa. Empresários podem solicitar crédito de R$ 100 a R$ 5 mil reais com até 180 dias para iniciar o pagamento da 1ª parcela e 24 meses para quitação do crédito.

“A partir dos impactos da pandemia, avaliamos a necessidade de ofertar crédito para as empresas que ficaram negativadas. O Programa Nome Limpo foi criado para atender a essa demanda e garantir, inclusive, com cursos de gestão financeira, que os empreendedores de São Paulo possam voltar a abrir seus negócios e continuar a crescer”, comentou Zeina Latif, secretária de Desenvolvimento Econômico.

Por meio do Banco do Povo, o crédito será concedido a pessoas jurídicas qualificadas como MEI (Microeemprendedor Individual), ME (Micro Empresa), Eireli (Empresa Individual de Responsabilidade Limitada) ou LTDA (sociedade limitada) que se endividaram durante a pandemia e não conseguiram quitar os pagamentos e por conta disso, foram negativados.

Condições para os empréstimos:

– Residentes do estado de São Paulo
– Ter dívida contraída a partir de março de 2020
– Ter realizado curso de qualificação empreendedora
– Apresentar plano de recuperação
– Possuir documento comprobatório emitido por órgãos de defesa do consumidor

Para solicitar a linha de crédito, os interessados devem comparecer à unidade do Banco do Povo de seu município, local onde o CNPJ está registrado e realizar a trilha de curso da linha com carga horária de 20 horas, disponível em digital.sebraesp.com.br/parceiro/empreenda-rapido-nome-limpo.