Cuidado com a malha fina

Erros na hora do processamento das declarações de Imposto de Renda são comuns quando se desconhece as normas tributárias ou falta prática na hora de preencher o formulário de entrega. Isso gera uma grande quantidade de pessoas caindo na chamada malha fina – ano passado foram aproximadamente 700 mil brasileiros pegos – o que resulta em diversas complicações para se explicar à Receita ou mesmo fazer a declaração retificadora.
Para evitar que isso aconteça, o contador Antonio Carlos Ayuso alerta que é preciso tomar muito cuidado com o cruzamento de informações, especialmente com cartões de crédito, despesas médicas e movimentações financeiras. “Este cruzamento pode ocasionar sérios problemas para as pessoas físicas por prestarem informações equivocadas ao fisco, que vão da simples retenção da declaração de imposto de renda em malha fiscal até, nos casos mais graves, o início de um procedimento de fiscalização que poderá gerar pesadas multas”, afirma.
Além disso, o professor da Saint Paul Escola de Negócios, Mário Shingaki, dá outras dicas para não se ter nenhum tipo de dor de cabeça na hora de acertar as contas com o leão. Confira:

Reúna os documentos necessários
Para evitar algum erro ou confusão é importante ter todos os comprovantes. Eles são muito importantes, pois todas as movimentações declaradas precisam de documentos que comprovem tanto para o aumento ou diminuição. Os principais são: comprovantes de despesas dedutíveis (saúde, educação); recibos de doações feitas ou recebidas; comprovantes de aluguéis; carnês de contribuições feitas ao INSS de empregados domésticos; comprovantes referentes à compra e venda de ações; empréstimos e financiamentos; pensão alimentícia; e herança recebida.

Organize a declaração de dependentes

A partir de 2017,  será necessário apresentar o CPF para declaração dos dependentes maiores de 12 anos.

Use o Rascunho IRPF da Receita Federal

A dica é utilizar esta ferramenta sempre que possível, principalmente porque é possível importar a declaração do ano anterior, o que serve como base para a atual, além de registrar suas movimentações.

Pesquise sobre o assunto

Esteja por dentro por meio do site da Receita sobre as possíveis mudanças ocorridas, o que contribui para ninguém ser pego de surpresa. 

Faça o preenchimento com calma

Tenha atenção na hora de preencher. Confira todos os números, valores e informações e leia com muita atenção todas as instruções. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta