Cuidado da pele

Aos 20 anos a epiderme (camada superficial da pele), começa a dar os primeiros sinais de envelhecimento. Embora a renovação natural normalmente aconteça a cada sete dias, essa renovação é irregular. Em algumas áreas permanecem células antigas, enquanto em outras, predominam as renovadas.
Por isso é importante a esfoliação da pele, para acelerar o processo de renovação, removendo as células mortas, limpando profundamente, estimulando a produção de colágeno, aumentando a elasticidade e preparando a pele para a hidratação, diminuindo o aparecimento de manchas e auxiliando na penetração dos ativos de outros cremes, como anti-idade, anticelulite, antiflacidez e autobronzeadores.
Mas é importante ficar atento ao tipo de produto indicado para cada área do corpo, a fim de obter benefícios ao invés de prejudicar a pele. É essencial observar os ativos presentes na composição, como também na forma correta de aplicação. Segundo a dermatologista Christiana Blattner, o indicado é espalhar o produto na pele previamente limpa e de forma suave, realizando movimentos circulares.
Cada tipo de pele precisa de um tratamento diferenciado, por isso a importância de identificar o tipo certo para garantir resultados eficazes. Peles mais finas e delicadas, por exemplo, requerem produtos mais suaves e a frequência de aplicação deve ser menor, enquanto as peles mais espessas podem receber tratamentos mais frequentes e agressivos.
A Dra. Christiana ressalta que a tonalidade da pele também interfere no tratamento. “Peles negras são mais resistentes. Peles brancas são mais delicadas, porém também podem ser esfoliadas. Peles morenas requerem mais cuidados quanto à esfoliação e ao sol porque tendem a manchar com mais facilidade”, avisa.
Vale lembrar a importância do acompa-nhamento de um especialista antes de iniciar qualquer tipo de tratamento, pois embora pareça simples, se realizado de forma incorreta pode gerar danos à pele, como o ressecamento, excesso de oleosidade ou até mesmo ferimentos na cútis.
Atualmente, diversas marcas dispõe de produtos no mercado com esta finalidade, mas os resultados são diferentes daqueles obtidos quando feitos por especialistas.
Neste caso, entre os procedimentos mais realizados estão o Peeling de Diamante, que é mais suave e, portanto, mais frequente, realizado com espaços de, no mínimo, uma semana; o laser CO2 fracionado e o Fraxel, que por serem mais profundos, requerem um intervalo de aproximadamente seis meses entre as aplicações, explica a médica.
Mesmo com diversas opções de tratamentos e produtos, algumas mulheres ainda acabam optando pela esfoliação caseira, mas é preciso cuidado. Para se ter uma ideia, as receitas mais comuns, feitas com açúcar e mel ou iogurte, pode acabar causando danos, devido ao caráter bastante abrasivo, proporcionado pelos cristais do ingrediente. Neste caso, a dermatologista orienta que os produtos industrializados são mais indicados por serem mais seguros.
Embora a esfoliação seja uma forma de tratamento muito eficiente, é indispensável conciliá-la diariamente com a limpeza da pele, a hidratação e o uso do filtro solar. Com os cuidados certos é possível atingir objetivos e manter a saúde e beleza da pele em harmonia.

Confira algumas dicas para fazer a esfoliação em casa!

Uma boa esfoliação requer cuidados desde a limpeza até a finalização do processo. Veja o passo a passo de uma esfoliação caseira para garantir uma pele impecável.

1° Passo: Comece higienizando bem a pele. Para isso, lave o rosto com água fria e sabonete específico para a área. Não enxugue.

2° Passo: Agora que a pele está livre da maquiagem e dos resíduos de sujeira nos poros, aplique, com ela ainda úmida, pequenas quantidades do esfoliante nas áreas da testa, maças, nariz e queixo.

3° Passo: Usando os dedos, médio e anelar, faça movimentos circulares, com sentido de dentro para fora, durante o tempo de um minuto. Lembre-se de não usar muita força para não irritar ou agredir a camada da pele.

4° Passo: Para finalizar o processo, enxágue com água fria, aplique a loção adstringente e uma ampola de vitamina C para o rosto.

Os passos são simples e não requerem muito tempo, por isso fica fácil incluir esse momento especial de cuidados, em sua rotina diária de beleza.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta