Depressão pós-parto

Please select a featured image for your post

A depressão pós-parto acomete cerca de 12% das mulheres, criando consequências desagradáveis, traumáticas e de prejuízos na relação de interação entre mãe e bebê. O número fica ainda maior quando sintomas leves da doença nos primeiros 15 dias após o nascimento do filho, chegando a 85% das mulheres.

Por este motivo, o acompanhamento com um psicólogo é importante, principalmente quando há sinais do problema. Questões sociais e psicológicas, além das hormonais, estão diretamente ligadas à depressão pós-parto. Um pouco de tristeza, cansaço excessivo e exaustão pela nova rotina são normais, porém, é sempre recomendável um acompanhamento minucioso para que as consequências não se tornem maiores.


Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!