Dia da Mentira

A origem do Dia da Mentira, o famoso 1º de abril, ainda causa controvérsias e não tem um registro oficial, entretanto, uma mudança no calendário é a causa mais aceita entre historiadores, enciclopédias e dicionários.

A explicação vem da época em que o calendário usado pelos países da Europa mudou. Até 1564, o ano novo era comemorado em 25 de março, e os festejos eram prolongados até o dia 1º de abril. Neste ano, o rei Carlos IX da França determinou que o ano novo seria comemorado no dia 1º de janeiro, o que causou grande confusão no país e no continente.

A partir da mudança, há duas versões. Uma delas diz que franceses mais conservadores decidiram manter seus festejos no fim de março, sendo ironizados pelo resto da sociedade. A outra explicação, essa mais aceita, diz que como na época os meios de comunicação eram precários, demorou para que toda a sociedade soubesse da mudança, com isso a confusão foi aproveitada para que fossem criadas brincadeiras envolvendo mentiras.

Segundo uma pesquisa histórica, a mudança de calendário no início do século XVI não foi tão simples quanto pode parecer e tornou mesmo confusa a organização dos diferentes povos da Europa. O decreto do rei francês, assinado em 1564, só teve efeito em 1567, 15 anos antes da reforma do calendário gregoriano, que aconteceu em 1582. A mudança de fato só ocorreu em todos os países europeus em 1751, mais de um século depois.

Aqueles que continuaram comemorando o novo ano entre março e abril eram chamados de bobos, o que incentivava brincadeiras envolvendo mentiras. A convenção se espalhou com diferentes nomes e tradições, mas sempre envolvendo brincadeiras que fazem alguém de bobo com mentiras.

Na Inglaterra e Estados Unidos, a data é chamada de "all fool’s day" (dia de todos os bobos) e começou a ser usada em 1686, segundo o Dicionário de Folclore Inglês. O costume se popularixou rapidamente, a ponto de ser considerado um hábito universal em textos do século XVIII.

No Brasil, não há consenso sobre os primeiros registros do "dia da mentira". Uma das explicações para a data diz que a ideia veio da natureza, que costumava enganar as pessoas na virada de março para abril com mudanças climáticas repentinas. Ao serem feitas de bobas pelo tempo, as pessoas acabaram adotando a brincadeira.

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.