Dificuldades financeiras

A Casa da Criança Paralítica de Campinas está passando por dificuldades financeiras e busca alternativas para dar continuidade aos atendimentos de 340 crianças e adolescentes com deficiência física e comprometimento neurológico. Neste contexto, a principal aposta da instituição para ampliar a receitar é o Bazar de itens novos e usados, que acontecerá no dia 8 de março, das 8h às 17h. “Precisamos ampliar as vendas com esse tipo de iniciativa e buscamos também aumentar as doações ao nosso Bazar”, diz Valdir Oliveira, diretor financeiro da Casa.
Segundo Oliveira, não houve diminuição significativa no número de doadores, mas os valores doados são menores e o período entre uma doação e outra é mais longo, resultando em redução do valor total arrecadado. “Numa situação de crise, com incertezas em relação à manutenção do emprego e altos níveis de desemprego, todos ficam receosos e procuram evitar gastos”, explica.
Para reduzir as despesas, a instituição adotou diversas iniciativas,como suspender os investimentos que seriam realizados em 2017, reduzir os valores dos contratos de prestação de serviços e  implementar um programa de redução de gastos internos. Além disso, programou a venda de ativos e vem buscando aumentar a produtividade nas atividades arrecadadoras, como telemarketing e Nota Fiscal Paulista. 
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta