Dior demite John Galliano

A grife Dior anunciou nesta terça-feira, dia 1º, que deu início ao processo de demissão do estilista John Galliano. Chefe de criação da marca, ele havia sido suspenso de suas atividades depois de ter sido detido em Paris, na última quinta-feira, dia 24, acusado de insultos antissemitas.

"Condeno firmemente o que foi dito por John Galliano e que contradiz totalmente os valores defendidos por Christian Dior", disse Sidney Toledano, executivo-chefe da marca.

Ontem, dia 28, o jornal inglês "The Sun" publicou um vídeo amador em que Galliano diz amar Hitler. Testemunhas ouvidas pela polícia disseram também que ele agrediu verbalmente o cliente de um bar por sua origem asiática.

fonte G1

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!