Do outro lado

O cérebro tem muitos mistérios, entre eles, as diversas complicações que afetam principalmente o sistema nervoso, que apresentam sintomas e características completamente diferentes. Enfrentar essas doenças muda a rotina de vida não só do paciente, mas também dos familiares. Assim, a fisioterapeuta Mariana Carvalho Krueger indica cinco filmes que narram histórias sobre a importância do apoio de pessoas queridas para enfrentar situações que as patologias acarretam.

Para sempre Alice – Alzheimer

Interpretada por Julianne Moore, Dra. Alice Howland é uma renomada professora de linguística que, aos poucos, começa a esquecer algumas palavras e se perder pelas ruas de Manhattan. Ela é diagnosticada com Alzheimer precoce, o que fragiliza a relação com o marido e reforça os laços com a filha mais nova. O filme retrata a dificuldade de aceitação do diagnóstico, tanto para a paciente quanto para a família.

A teoria de tudo – Esclerose Lateral Amiotrófica

O longa narra a vida do cientista Stephen Hawking, responsável pela teoria sobre buracos negros. Eddie Redmayne interpreta o personagem que não permitiu que a doença degenerativa o impedisse de ter filhos e ser uma das maiores mentes da atualidade. No filme, a família de Stephen encara a esclerose como uma grande barreira para o cientista, mas ele prova que é possível ser feliz e ter uma vida de sucesso.

Farol das Orcas – Autismo (foto em destaque)

No filme, Beto (Joaquín Furriel), um homem solitário que trabalha em um parque nacional argentino, tem a vida completamente alterada com a chegada da espanhola Lola (Maribel Verdú) e seu filho de 11 anos, Tristan (Joaquín Rapalini). Desesperada, Lola pede ajuda a Beto para tratar o Transtorno de Espectro Autista de Tristan.

Amor e outras drogas – Parkinson

Jamie Randall (Jake Gyllenhaal) é um vendedor de um grande laboratório da indústria farmacêutica americana. Sua função é abordar médicos e convencê-los a prescrever os produtos da empresa para os pacientes. Em uma dessas visitas, ele conhece Maggie Murdock (Anne Hathaway), uma jovem que sofre de mal de Parkinson. O personagem fica atraído pela sua beleza física e por ter sido dispensado por ela, mas aos poucos, descobre que existe algo mais forte. Ela, por sua vez, também sente o mesmo, mas não quer levar o caso adiante por causa de sua doença.

Forrest Gump –  Autismo
Clássico do cinema, Tom Hanks interpreta Forrest Gump, um contador de história que apresenta características de autismo. Graças ao apoio da mãe, Forrest nunca se sentiu desfavorecido e leva uma vida normal. Ele alcança sucesso em tudo o que se propõe a fazer, seja no campo de futebol como um astro do esporte, lutando no Vietnã ou como capitão de um barco de camarão. 
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!