Economia no verão

Ações simples e pequenas mudanças de hábito podem proporcionar uma economia significativa no consumo de energia no verão, sem abrir mão do conforto e bem estar. No caso da geladeira, o consumo sobe à medida que se torna frequente o ato de abrir e fechar a porta, principalmente em curtos espaços de tempo. Isso acontece porque ao abrir a porta o ar quente de fora penetra no interior da geladeira, fazendo com que o compressor do equipamento atue para novamente baixar a temperatura, elevando o consumo de energia.
Para minimizar o consumo do ar condicionado, é preciso combater o desperdício. Para isso, toda vez que este aparelho for ligado, portas e janelas devem estar fechadas. Assim, haverá confinamento do ar frio e o desempenho do equipamento será melhor.
O ventilador, apesar de normalmente ficar ligado por muitas horas seguidas, não se caracteriza por ser um grande consumidor – geralmente, os modelos não passam de 125W de potência. Mesmo assim, é fundamental mantê-lo desligado quando não houver ninguém no ambiente, para economizar energia.
Durante as viagens, o mais seguro é que todos os equipamentos sejam desligados das tomadas. Alguns deles, como microondas e aparelhos de DVD, por exemplo, têm displays e luzes de stand-by que ficam consumindo energia enquanto os proprietários estão fora.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta