Espaço para os bichinhos

De acordo com dados do Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais, Campinas é a segunda cidade no país em número de animais por imóvel, presentes em 56% dos lares, perdendo apenas para Curitiba. Pesquisas revelam, ainda, que a maioria dos donos de pets os consideram como parte da família ou mesmo um filho. Essas tendências, presentes especialmente entre os representantes da chamada geração milênio (pessoas nascidas nas décadas de 1980 e 1990), vem influenciando o mercado de imóveis, no qual ganham destaque os empreendimentos que já identificaram essa demanda e buscam se adequar para receber bem os bichinhos.
“Hoje, os clientes querem um imóvel que se adapte ao seu estilo de vida e que inclua seu pet, e não ao contrário”, destaca a diretora de Administração Imobiliária e Condomínios da Regional do Secovi em Campinas, Kelma Camargo. “É também crescente a procura por espaços pet friendly, ou seja, que ofereçam uma infraestrutura preparada para atender os animais de estimação. Algumas empresas, inclusive, vêm se especializando no desenvolvimento de ambientes de lazer para cães e gatos em condomínios, com áreas reservadas e equipamentos para entretenimento”, completa.
De acordo com Kelma, mesmo os condomínios que não dispõem de espaços específicos, em geral, não proíbem a presença dos pets nas unidades, mas existem regras que devem ser respeitadas por todos para garantir a boa convivência. “Entre elas, estão o uso dos elevadores de serviço, não circulação em áreas comuns como piscina, playground e salão de festas, além da utilização de coleira e focinheira para as raças, prevista em lei”, ressalta a diretora. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!