Fim dos boletos bancários

Please select a featured image for your post

No dia 17 de junho, às 19h, o Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças (Ibef) – Seccional Campinas, através do seu Grupo de Estudos de Crédito e Cobrança, realiza evento para discutir o tema O Fim dos Boletos Bancários e o Novo Sistema de Débito Direto Autorizado (DDA). Esse novo sistema foi proposto pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para substituir o boleto bancário. Os especialistas Silvio Donato e Leandro Albano foram convidados para debaterem sobre a implantação do DDA e seus reflexos na vida das pessoas e das empresas.

De acordo com a Febraban, o novo sistema DDA está previsto para vigorar a partir de outubro deste ano. O sistema DDA permitirá pagamentos de faturas no canal de atendimento que o cliente escolher: internet, terminais eletrônicos ou na boca do caixa sem a emissão do documento em papel. Uma das vantagens do DDA seria o fim da necessidade de informar os diversos dados das faturas no momento do pagamento, como número do código de barras e valores.

O Débito Direto Autorizado foi desenvolvido e implementado pela Febraban e os bancos associados para contribuir com maior produtividade e eficiência do sistema. No início da década de 90 foi inserido nos boletos ou bloquetos de cobrança o código de barras. Isso permitiu que a compensação fosse realizada de forma eletrônica, sem o trânsito do documento físico pela compensação, mas o cliente continuou recebendo em casa ou na empresa, os boletos em papel, que substituem, por sua vez, duplicatas, notas promissórias, letras de câmbio, recibos e cheques.

O DDA tem como função facilitar o dia-dia dos usuários e permitirá que todos os compromissos de pagamentos sejam recebidos eletronicamente, por meio dos bancos que atendem pessoas físicas e jurídicas. Os valores das transações podem ser automaticamente creditados na conta corrente dos clientes credores. Outro benefício será a redução dos documentos em papel.
Mais informações e inscrições para o evento no Ibef-Campinas pelo telefone (19) 3233-1851.

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta