Fora, ressaca

O Carnaval já passou, mas muitas pessoas ainda sentem os efeitos negativos causados pelos dias de festa, pela alimentação desregrada e, principalmente, pelo alto consumo de bebidas alcoólicas. Dor de cabeça, náuseas, boca seca, dor no estômago e tontura estão entre os sintomas mais comuns da famosa ressaca. No entanto, segundo a nutricionista Cyntia Maureen, existem alimentos que podem minimizar estes problemas.
Mesmo que se sinta falta de apetite, a especialista ressalta que não se deve deixar a alimentação de lado. “Quem jejua, especialmente no dia seguinte do consumo do álcool, pode ter hipoglicemia e esse quadro pode gerar tonturas, tremores e até desmaios. Para não ficar com o estômago vazio, sugiro a priorização de alimentos leves, como verduras e frutas ricas em água como melancia, melão, alface, pepino, etc.”, pontua. 
Outras opções benéficas ao corpo destacadas pela nutricionista são:
– Suco de tomate: a bebida combate a redução do nível normal de glicose no sangue, além de ajudar na hidratação e conter licopeno, um componente com boa concentração de vitaminas, potássio, ferro, magnésio, fósforo e fibra vegetal.
– Quinoa: o grão possui aminoácidos que são essenciais para a recuperação após a ingestão de álcool;
– Espinafre: os seus nutrientes ajudam a eliminar sintomas da ressaca pois colaboram com a limpeza do fígado;
– Banana: a desidratação provocada pelo consumo de álcool reduz os níveis de potássio no organismo, causando cansaço excessivo, náuseas, câimbras e ânsias. Daí a importância deste alimento, grande fonte do mineral;
– Mel: contém frutose, glicose e potássio, que auxiliam a normalizar o funcionamento do organismo e combater a ressaca;
– Suco de caju: auxilia o fígado na quebra do álcool e a eliminar toxinas; 
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta