Horário de Verão

Please select a featured image for your post


A 41ª edição do Horário de Verão no Brasil começa a partir da zero hora do dia 16 de outubro de 2011. Por isso, os relógios devem ser adiantados em uma hora nas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Distrito Federal e o Estado da Bahia. O Horário de Verão terá duração de 133 dias, com o término à meia-noite do dia 26 de fevereiro de 2012.

O principal objetivo do Horário de Verão é melhorar o aproveitamento da luz natural. Com os dias mais longos, é possível reduzir o consumo de energia elétrica e diminuir a demanda no horário de pico do consumo, das 18 às 21 horas. Na média, as pessoas chegam em casa a partir das 18 horas, início da noite. Logo, uma das primeiras ações é acender a luz.

Na mesma hora, entram em operação a Iluminação Pública, placas de luminosos comerciais etc. No período do Horário de Verão, as cargas das residências e de Iluminação Pública passam a operar após as 19 horas, quando o consumo industrial começa a cair. Dessa forma, é possível economizar energia e proporcionar o funcionamento adequado do sistema de transmissão e distribuição de eletricidade.

A CPFL Paulista estima uma redução da ordem de 0,7% no consumo de energia elétrica nas 234 cidades de abrangência. Essa economia de consumo alcançará 80.200 MWh, volume suficiente para atender uma cidade do porte de Campinas, com 1,1 milhão de habitantes, durante 9 dias, Bauru por 36 dias, Ribeirão Preto por 19 dias ou São José do Rio Preto por 31 dias. No período de pico, há expectativa de uma redução de 2,0% na demanda de energia.

 

 

 

 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!