Horas Abstratas

Please select a featured image for your post

Conhecido pelo traço de abstração que sugere o figurativo, Mano Alencar apresenta em Horas Abstratas a novidade de pintar telas monocromáticas com tinturas em preto e branco, o oposto de seu costumeiro trabalho, sempre com abuso de cores. “A ausência de cores, além de representar um pouco da minha situação diante da cidade, sugere ao espectador a possibilidade dele mesmo pensar e acrescentar cores à obra”, diz Mano Alencar.

Os quadros mais escuros foram quase pintados no período da noite ou da madrugada, justificando também a opção pelas cores pretas e brancas que refletem a percepção caótica do artista diante da cidade.

Horas Abstratas representa fragmentos de diferentes momentos do dia. Relacionada principalmente com a cidade, a obra de Mano Alencar possui sintonia com o mundo e, segundo o próprio artista, “seus quadros se firmam dentro de um contexto global e de um mundo que oferece inúmeras ferramentas para facilitar a vida de seus habitantes, mas torna esse mesmo mundo cada vez menor e mais abstrato”.

O artista percebe outra contradição na contemporaneidade: todas as grandes cidades e metrópoles estão ficando muito parecidas. “Os shoppings, por exemplo, representam hoje a grande estética dos espaços urbanos. Isso faz com que algumas cidades percam as suas peculiaridades culturais e arquitetônicas. As cidades hoje estão todas verticais, todas parecidas”.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!