Hospital inaugura prédio sustentável

Please select a featured image for your post

O Hospital Israelita Albert Einstein inaugura na próxima semana um prédio ecológico de 70mil m² no bairro do Morumbi, em São Paulo. A ampliação, que vem acompanhada de um novo sistema de atendimento, foi projetada para que todo o processo de construção e utilização do novo ambiente fosse realizado de maneira sustentável.

Durante a obra, foi realizado um rígido controle de poluição, além de plano de gerenciamento de erosão, assoreamento, poeira e ruídos, a fim de evitar problemas para moradores e frequentadores da região. Um programa de reciclagem fez com que cerca de 75% do material fosse reutilizado, evitando que o entulho fosse para aterros sanitários. O gerenciamento da descarga de águas pluviais, a utilização de reservatórios de retardo e os jardins presentes em toda a cobertura do edifício gerarão uma redução de aproximadamente 30% do volume de água da chuva enviado para a rede pública. Associado à implantação de grandes espaços verdes, ajuda a evitar o desperdício de água e enchentes na região.

Outra característica que visa o benefício da região é o controle de poluição luminosa. O objetivo dessa iniciativa é fazer com que a luz gerada no prédio seja suficiente para garantir a segurança e conforto dos pacientes, sem afetar a área ao redor do hospital. A instituição incentiva o uso de transportes menos poluentes (bicicletas, por exemplo) e o consumo consciente de materiais e reciclagem. Racks seguros para bicicletas, vestiários com chuveiro e uma pequena estação rodoviária para ônibus fretados têm por objetivo incentivar que os funcionários do hospital usem menos automóveis. Postos de recolhimento de lixo reciclável em diversos andares e uma pequena usina de classificação e compactação desse material também integram o projeto.

O plano de expansão do Hospital Israelita Albert Einstein conta com um investimento de R$ 520 milhões em um período que compreende os anos de 2006 a 2012. Neste mês, o Einstein inaugura o prédio do seu novo Centro de Medicina Ambulatorial, que compreende cerca de 200 consultórios, 41 leitos de day clinic, uma nova área de medicina diagnóstica e 20 salas de cirurgias. Tudo isso para implementar um novo sistema de atendimento ambulatorial capaz de oferecer consulta, diagnóstico e tratamento em um único local e em poucas horas.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta