Iniciativas sustentáveis

Please select a featured image for your post

Várias iniciativas empresariais buscam o desenvolvimento de projetos sustentáveis e de apoio à sustentabilidade. Na região, um novo programa contribui para preservação do meio ambiente e ainda geração de recursos econômicos. Trata-se de um projeto que gera uma substância que pode ser usada como adubo em plantações a um custo baixo. Com iniciativa da Motorola, que também desenvolve um programa para diminuir o consumo de água, a novidade traz o processo de um lodo orgânico, que serve como adubo para áreas verdes da fábrica, material que foi utilizado como tema de uma pesquisa do Instituto Agronômico de Campinas (IAC).

De acordo com a pesquisa, o adubo orgânico, gerado a partir do sistema de tratamento de esgoto da empresa, proporciona desempenho próximo ao dos adubos químicos, ao serem usados na fertilização de algumas culturas. Esse método pode ser usado por agricultores de todo o país, para a fertilização de lavouras em complementação ao uso de adubos comerciais, desde que essa prática esteja em conformidade com a legislação ambiental vigente. Com a parceria, foi realizado um ensaio que teve por objetivo estudar a aplicação do lodo proveniente do tratamento de esgoto da Motorola em 200 pés de laranja de um pomar mantido pela companhia, que ocupa uma área de dois hectares. Com base em análise científica, foi realizado um acompanhamento durante três anos, que constatou que o lodo orgânico pode ser aplicado em conjunto com o adubo comercial nas lavouras, diminuindo o uso do composto industrial no solo.

De acordo com Ronaldo Berton, pesquisador do Instituto Agronômico de Campinas, o lodo derivado da reciclagem do efluente obteve resultados positivos, pois atua como fonte de nitrogênio, potássio, fósforo, cálcio, magnésio e zinco para as plantas. “Por se tratar de um composto orgânico que contém vários micronutrientes, o material produzido pela estação de tratamento de esgoto da fábrica é mais completo que os adubos industriais”, avalia. “

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!