Já pensou em criar sua própria cerveja?

O sonho de ter uma cerveja para chamar de sua está prestes a virar realidade para quatro universitários de São Paulo, Belo Horizonte e Manaus. Vencedores do Desafio Cervejeiro da Ambev, que convocou estudantes da graduação de todos os cursos para desenvolverem uma nova cerveja do zero, desde a concepção da receita até a criação da embalagem, terão seus lotes produzidos no Centro de Inovação e Tecnologia da Ambev, o CIT, no Rio de Janeiro, neste mês. A etapa de brassagem tem início nos próximos dias e a previsão é que as cervejas estejam prontas para o envase em fevereiro.

A equipe vencedora, composta por estudantes de Engenharia Química e Arquitetura e Urbanismo, viajará até a capital carioca, onde está instalada uma das 32 cervejarias da companhia e que é referência em tecnologia de processos cervejeiros, para apresentar a cerveja desenvolvida ao lado de um time de mais de 20 especialistas e mestres-cervejeiras (os). “Nós avaliamos o projeto do grupo batizado de Lupulivers com base em três critérios principais: a chance de sucesso do produto, embasamento técnico e, claro, a criatividade, um dos ingredientes-chave para a produção de uma boa cerveja. Entendemos que essa é uma excelente porta de entrada para os jovens interessados em inovação conhecerem as infinitas possibilidades de atuação no mercado cervejeiro”, afirma Carolina Loureiro, especialista de conhecimento e cultura cervejeira.

O resultado do projeto foi o desenvolvimento de uma catharina sour, primeiro estilo de cerveja brasileiro oficialmente aceito pelo Beer Judge Certification Program (BJCP). “A criação foi inspirada nas cinco regiões do país e busca exaltar a cultura brasileira em todos os aspectos da cerveja, que é uma opção leve, versátil e muito refrescante”, detalha Carolina.

Para o idealizador do Desafio Cervejeiro, da área de Talent Attraction da Ambev, Gustavo Zaluski, “este é mais um formato que idealizamos dentro da companhia para fomentar o conhecimento e a cultura cervejeira, e expandir nosso projeto que já é um sucesso entre os estagiários da companhia, para universitários de todos os cursos e de todo o país”, comenta.

Além da oportunidade de ter sua ideia colocada em prática, os quatro universitários vencedores do Desafio Cervejeiro ganharão ainda um curso da Academia da Cerveja, iniciativa recém-lançada pela Ambev, em parceria com escolas cervejeiras parceiras, para fomentar a cultura e democratizar o acesso ao conhecimento cervejeiro no Brasil. Com metodologia da histórica instituição de ensino alemã, VLB Berlin, os estudantes poderão conhecer mais profundamente sobre matérias-primas, processos e tecnologias para produção de cervejas.

Formação e capacitação cervejeira a um clique de apreciadores e profissionais
Especialistas, entusiastas e beer lovers que desejam aprimorar seus conhecimentos ou iniciar no universo cervejeiro podem contar agora com cursos, palestras e webinares da Academia da Cerveja. A programação oferece conteúdos exclusivos para os níveis básico, intermediário e avançado, com certificação. Jovens com mais de 18 anos podem participar da agenda da Academia da Cerveja pelo site https://academiadacerveja.com/landing).
A iniciativa oferece conteúdos nos formatos online e presencial, em sua sede física em São Paulo, que será inaugurada nos próximos meses.

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta