Jovem talento

Três anos após ser indicado ao Grammy Latino como melhor compositor de música clássica, o campineiro Rafael Piccolotto de Lima acaba de se tornar membro associado da Academia latina e norte-americana. Isso significa que a partir de agora, Rafael poderá votar nos indicados a premiação, além de participar de atividades relacionadas ao prêmio e ser considerado vip nos eventos.
A academia é formada por artistas, produtores e engenheiros de áudio que já foram indicados, premiados ou tem notória produção fonográfica. “Na ocasião da minha indicação em 2013 eu fui convidado pela Academia do Grammy Latino, mas como isso incluía algumas responsabilidades, eu achei que não seria a melhor hora. Mês passado escrevi narrando meu interesse em afiliar-me e logo veio o convite para ser membro também da Academia norte-americana”, contou Rafael.
O Grammy Award é o maior e mais prestigioso prêmio da indústria musical mundial, considerado o Oscar da música. Também é considerada a única associação a homenagear tanto o âmbito de conquista artística, como também a proficiência técnica e a excelência na indústria musical, sem levar em consideração os índices de vendas de álbuns ou os resultados nas paradas de sucesso.

Medalha ‘Carlos Gomes’

Desde sua indicação ao Grammy Latino em 2013, o jovem músico tem se destacado não só entre profissionais do meio musical, como também entre o público que aprecia a produção cultural de qualidade.  Em 2014, uma de suas obras foi incluída no programa de abertura da Orquestra Sinfônica de Campinas. E neste ano, Rafael será condecorado pela prefeitura da cidade com a Medalha do Mérito Cultural Carlos Gomes, indicado pelo vereador Luiz Henrique Cirilo.
O reconhecimento é concedido pela Câmara Municipal a todo cidadão ou entidade que se destaque em atividades artísticas na cidade de Campinas. “Estou muito feliz com esta homenagem. Campinas foi a cidade de um dos compositores de música clássica mais importantes do Brasil, Carlos Gomes. Já algumas vezes levantaram essa questão, de eu ser um novo "prodígio" na composição da cidade, tendo um percurso musical relativamente parecido com o dele, que ao invés dos EUA, foi para a Europa estudar e depois voltou às raízes brasileiras, compondo músicas celebres, como o Guarani”, afirmou Rafael.
A cerimonia será realizada no dia 16 de agosto, às 20h, no Plenário da Câmara.  
Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta