Mãe a toda hora

Ser mãe requer tempo, paciência, responsabilidade e muito amor; sem contar que é uma experiência única em que se aprende algo novo todos os dias. De forma geral, é comum que  as mães, sejam de primeira viagem ou as que já tiveram várias vezes a experiência, doem mais tempo aos seus filhos do que a si mesmas. O problema é quando isso chega ao ponto de prejudicar a saúde da mãe, acumulando dores, cansaço, estresse e até depressão.
Para conseguir conciliar a vida pessoal com a dos filhos, algumas mudanças na rotina ajudam a evitar os desgastes emocionais.
Em primeiro lugar, é mais do que indispensável perceber as necessidades do corpo. Games interativos já foram apontados como favoráveis à medição das respostas fisiológicas, chamadas de biofeedback. 
Reservar um tempo para si mesma também faz toda a diferença. Quinze minutos diários de água morna com sais de banho, óleos, ervas ou sal grosso servem para revigorar as energias. 
Caminhadas, passeios ou um encontro com velhas amigas fazem  muito bem à saúde, de dia ou à noite. A alimentação continua na lista de prioridades e deve ser rica em frutas, cereais e vegetais. Comer bem e com intervalos de três horas são os hábitos mais indicados, para os filhos e as mães.
Além disso tudo, sorrir faz toda a diferença para uma vida feliz. O riso ajuda a aliviar a tensão e tem efeito físico que reduz os níveis do hormônio do estresse.
Unindo todos esses comportamentos fica bem mais fácil concluir os deveres de mãe, profissional, mulher, amiga, entre outros. 

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta

error: Content is protected !!