Manta Flying Coaster

O SeaWolrd, um dos parques preferidos de quem vai a Orlando, na Flórida, acaba de ganhar uma nova atração: Manta Flying Coaster. Inaugurada no dia 21, a nova montanha russa vai tirar o fôlego de quem se arriscar a voar pelo parque. Isso mesmo, o visitante vai ter a sensação de sair voando pelo parque como uma arraia, com direito a loopings e giros inesquecíveis. 

A convite do SeaWorld, nossa equipe participou da inauguração da nova montanha russa e pôde experimentar a novidade que teve as arraias como grande inspiração.

Localizada na entrada principal do parque, a nova montanha russa é coberta por tons de roxo, azul marinho e azul e promete se tornar um ícone do parque, já que chama muita atenção dos visitantes. Foram quatro anos para ficar pronta, desde seu projeto desenvolvido na Suiça e a construção em Ohio, pela mesma empresa que fez a Kraken, também do SeaWorld e a Sheikra, do Busch Gardens.

Durante a espera na fila, o visitante pode observar diversos aquários com espécies marinhas, como as arraias e peixes palhaço, entre eles um polvo gigante do Pacífico. Assim que o visitante entra nos carros (são três com 32 assentos cada), as fileiras de assentos são reclinadas para frente, fazendo com que o passageiro fique na posição horizontal, como se fosse dar um mergulho (o rosto fica de frente para o chão). O peso fica todo no peito.

A subida é lenta e a vista, embora deslumbante, é também assustadora. Ao iniciar a descida, a queda é suave, ao contrário da maioria das montanhas russas, e a impressão é mesmo de sair voando, já que não há nada na frente. A aventura de 2 minutos e 45 segundos é pura emoção e adrenalina, e a velocidade chega a 90 km por hora num percurso que inclui quatro inversões em pouco mais de um quilômetro de trilhos. Em determinado trecho temos a impressão de mergulharmos na água, já que uma das asas da Manta chega a encostar na água, deixando um rastro para trás.

A novidade de Orlando proporciona grandes emoções e quem está de viagem marcada para lá não pode perder. Seja pela inovação ou simplesmente pela adrenalina garantida.

Você não pode perder!
 

  • São mais de três mil animais de 60  espécies, sendo 304 arraias, 30 cavalos marinhos, 23 dragões marinhos e mais de 2.500 peixes.
  • São 42 metros de altura e 34 metros de queda.
  • A velocidade chega a 90km/h.
  • As fileiras da frente são mais suaves enquanto as últimas são mais radicais, já que a força da gravidade atua mais fortemente.
  • Na fila, há um aquário de 20,43 x 2,74 metros onde é possível observar arraias  e peixes, além de outros menores, com cavalos e dragões marinhos, entre outros.


texto e fotos Isabelle Sabbatini

Nenhum Comentário Ainda

Deixar uma Resposta